Técnico do Audax reclama de assédio de Corinthians e Palmeiras a atletas

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O técnico do Audax, Fernando Diniz, reclamou do assédio de Corinthians e Palmeiras a jogadores do seu time, que neste domingo empatou por 1 a 1 com o Santos no jogo de ida da final do Campeonato Paulista. Para ele, a procura aos atletas poderia ser feita após o fim do torneio.

"Não chega a ser desrespeito, mas poderia ser evitada essa procura. Se chegaram a fazer contato direto com os jogadores, deveria ser evitado. Espera acabar o campeonato e não tira o foco do jogador. Isso tira um pouco o brilho do campeonato nesse sentido", disse Diniz.

Alguns jogadores do Audax já têm acordos para mudar de clube após o Paulistão. O Corinthians está acertado com o volante Camacho e o atacante Bruno Paulo, enquanto o Palmeiras fechou com o meia e lateral Tchê Tchê.

"Houve alguns clubes grandes do Brasil que me procuraram falando sobre jogadores, mas avisaram que iam esperar o campeonato acabar para procurar os atletas. Isso é um trabalho a mais para deixar o jogador focado", afirmou Diniz.

O Audax saiu na frente na partida em Osasco, mas um erro na saída de bola permitiu que o Santos buscasse o empate no segundo tempo. A decisão do Paulista acontece no próximo domingo (8), na Vila Belmiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos