Lucas Lima diz que tomou injeção contra dor e chorou por não poder ajudar

Do UOL, em São Paulo

Um dos principais destaques do Santos no título do Campeonato Paulista, Lucas Lima não conseguiu ajudar o time logo na última partida. Ele até foi titular, mas saiu no primeiro tempo, por causa de uma lesão no tornozelo sentida no primeiro jogo da final. Depois da partida, ele partiu para a festa, mesmo mancando, e explicou por que chorou em campo.

"Não chorei de dor. Eu tomei injeção para cortar a dor. Chorei por não poder ajudar meus companheiros. Caiu uma lágrima ali, mas o time está de parabéns", afirmou ele, antes de explicar como foi a decisão de tentar entrar em campo: "a vontade era maior. A bota aperta muito no tornozelo, mas tentei. Dei uma arrancada e acabei sentindo, mas estou feliz", afirmou à TV Bandeirantes.

Apito final, taça e torcida: veja a festa na Vila Belmiro

  •  

O técnico Dorival Jr. elogiou postura de Lucas Lima: "todos falaram que ele tinha condições. Ele foi guerreiro, valente. E quando é assim, mesmo que você corra o risco de ter que fazer uma substituição, você tem que valorizar o que o profissional fez e vem fazendo ao longo da temporada. Esse exemplo tinha que ser mantido".

Ricardo Oliveira foi outro jogador que sentiu dores durante a semana, não treinou direito e foi para o jogo. Mas ele fez o gol do título e mostrou estar recuperado. "Arriscamos nas duas situações e uma delas deu certo. Tem hora que tem que acreditar, tentar, saber que nem sempre a lógica é verdadeira. Às vezes a sensibilidade acaba sendo decisiva", comentou Dorival. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos