Jô faz de pênalti e Corinthians vence São Bento em campo encharcado

Do UOL, em São Paulo

Não foi um dia de grande futebol e era mesmo muito difícil que fosse. Em gramado com condições ruins no Estádio Walter Ribeiro, o Corinthians conseguiu apenas o que precisava na estreia oficial em 2017. Com pênalti convertido por Jô em sua reestreia oficial, venceu o São Bento por 1 a 0, neste sábado, em Sorocaba. 

O novo Corinthians de Fábio Carille teve alguns bons momentos e criou oportunidades, mas sofreu também no campo ruim. Além da vitória, de positivo para o treinador foram os sinais de um jogo bom coletivamente, segurança defensiva, organização e, claro, os três pontos na abertura do Campeonato Paulista.

No Grupo A, por enquanto, fica na liderança à frente do Ituano, que empatou pela manhã. Botafogo-SP e São Bernardo ainda atuam nesta rodada.  

O melhor: Jô

Não fez uma partida brilhante, mas foi quem definiu a parada. Sofreu pênalti em lance individual e converteu com bastante categoria. 

O pior: Ricardo Bueno

Com fama de goleador no interior paulista, não conseguiu jogar tão bem e foi substituído. 

Cinco estreias no Corinthians (e Carille de roupa nova)

Divulgação/Corinthians

Todos já tinham atuado na pré-temporada, mas a partida em Sorocaba marcou a estreia de cinco jogadores novos de maneira oficial: Pablo, Moisés, Gabriel, Fellipe Bastos e Jô, todos titulares. Vale destaque ainda a Fábio Carille, que diferentemente dos outros jogos como interino, trocou o agasalho do clube por uma camisa social.

Oportunidade para antigos titulares

Nas mexidas, Fábio Carille mostrou que pode dar oportunidades para quem defendeu o time na equipe principal até 2016. Marquinhos Gabriel, Camacho e Romero foram as alternativas no segundo tempo e, de certa forma, todos foram bem. O Corinthians controlou bem o São Bento e quase ampliou. 

Campo molhado

Divulgação/Corinthians

A fluidez do jogo foi prejudicada pelo estado do gramado em Sorocaba. Uma forte chuva caiu antes da partida e expôs a má condição de drenagem no Estádio Walter Ribeiro. Muitas poças se formaram e levaram problemas na troca de passes e para os goleiros. Cássio, em falta de longe, deu rebote perigoso no primeiro tempo, atrapalhado pelo campo.

Ex-corintianos do outro lado

Três jogadores com passagens pelo Corinthians estavam na partida, mas apenas dois atuaram. O meia Morais, campeão da Série B em 2008 e da Copa do Brasil em 2009, foi titular do São Bento ao lado de Giovanni, revelado na base corintiana. Ele foi campeão do mundo em 2012, como reserva. Já Moradei, que foi titular na campanha do rebaixamento em 2007, ficou na suplência em Sorocaba.

Marlone deixa colegas em condição e "ajuda" até no gol de Jô

Divulgação/Corinthians

Os dois melhores lances corintianos na etapa inicial foram de bolas colocadas por Marlone. Ele acertou cruzamento na cabeça de Giovanni Augusto, que por estar de costas teve dificuldade em cabecear. Depois, colocou no chão para Jô, que chutou fraco. Na penalidade convertida após o intervalo, Marlone havia pegado a bola, mas atendeu a um pedido do colega para que cobrasse – e fizesse o gol.

Jô diz que foi, sim, pênalti

Ao Sportv, o centroavante disse que foi derrubado por Pitty, ainda que os rivais tenham reclamado da marcação. "Ele foi me puxando, viu que estava ficando sem força, acabei caindo e foi um pênalti indiscutível", disse. 

À espera de Jadson

Ainda não foi neste sábado que a novela Jadson chegou oficialmente ao final. Com acordo definido com o Corinthians, o meia acertou os últimos detalhes do contrato na sexta-feira, conforme noticiou seu empresário Marcelo Robalinho. O anúncio deverá ser feito até segunda. Vale lembrar que a vaga no Paulistão está reservada para o jogador, pois Fábio Carille inscreveu 28 atletas. 

Semana de viagens

Depois de voltar de Sorocaba a São Paulo, o Corinthians tem nova viagem na próxima terça, para Poços de Caldas. Na quarta (08), o time estreia pela Copa do Brasil diante da Caldense-MG.  

Opiniões

JUCA: "Se o Corinthians se propõe ser um time de toque de bola, o gramado, encharcado, não permitiu".

André Rocha: "Se ainda falta criatividade, algo a ser resolvido com o retorno de Jadson, a organização baseada nos princípios de Tite é uma boa notícia".

Menon: "O futebol precisa melhorar, precisa ser mais intenso, mais veloz. Mais rok n roll".

Ficha técnica

SÃO BENTO 0 x 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba
Data: 04 de fevereiro de 2017, sábado
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Evandro de Melo Lima e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Cartões amarelos: Pitty, Gabriel e Balbuena
Gols: Jô, aos 9min do segundo tempo

SÃO BENTO
Rodrigo Viana; Régis de Souza (Renan Mota), Pitty, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia e Itaqui; Bebeto, Giovanni e Morais (Clébson Lima); Ricardo Bueno (Magrão). Treinador: Paulo Roberto Santos

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Moisés; Gabriel; Giovanni Augusto (Marquinhos Gabriel), Fellipe Bastos (Camacho), Rodriguinho e Marlone; Jô (Romero).Treinador: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos