Felipe Melo troca provocações após falta dura e é ovacionado no Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

A primeira partida oficial de Felipe Melo com a camisa do Palmeiras foi marcada pelo duelo pessoal com Samuel Santos, lateral direito do Botafogo-SP. Principal contratação do campeão brasileiro para 2017, Felipe mostrou a marca de jogador talentoso, duro e polêmico de outros momentos da carreira. Os palmeirenses ganharam o jogo por 1 a 0, gol de Tche Tche. 

No fim da etapa inicial, o volante acertou entrada firme sobre Serginho, atacante do Botafogo e esteve prestes a receber cartão amarelo. Era a terceira falta de Felipe Melo no jogo, o que não passou impune, porém, pelo lateral direito Samuel Santos. 

Irritado pela entrada no companheiro, Samuel foi atrás de Felipe Melo e enumerou as três faltas que ele havia feito. O palmeirense respondeu ao dizer que o lateral, ao invés de discutir, deveria colocar o pé nas divididas. A arbitragem interveio na discussão, mas não foi a última. 

Depois do intervalo, Felipe Melo esteve prestes a sofrer com um chapéu de Samuel Santos, mas se recuperou na jogada, recolheu a bola e passou. Imediatamente, se voltou ao adversário, gritou e festejou o desarme com uma munhequeira verde em mãos. O árbitro procurou Felipe e novamente advertiu enquanto ele, para se conter, colocou novamente a munhequeira diante da boca. 

Com atuação segura em 90 minutos, Felipe Melo ainda foi ovacionado pela torcida, que gritou: "O bagulho é doido. Felipe Melo, pitbull, cachorro louco". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos