Lesão de Tchê Tchê abre espaço para Guerra, enfim, estrear pelo Palmeiras

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Devidamente registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Alejandro Guerra surge como opção para estrear pelo Palmeiras no próximo domingo, às 19h30 (de Brasília), diante do Ituano, em Itu. Tudo graças ao primeiro problema físico enfrentado por Eduardo Baptista na temporada.

O treinador perdeu na última segunda-feira o meio-campista Tchê Tchê por até seis semanas. O camisa 32 sofreu uma pequena fratura no úmero esquerdo e desfalcará o Palmeiras por pelo menos um mês; este afastamento pode acelerar a adaptação de Guerra no time titular.

Durante o jogo-treino contra o Santo André, ocorrido na última segunda-feira e que terminou com vitória por 1 a 0 do Palmeiras (gol de Michel Bastos), Alejandro Guerra atuou centralizado na linha de quatro meio-campistas de Eduardo Baptista.

É ali que o venezuelano de 31 anos, melhor jogador da Copa Libertadores do ano passado pelo Atlético Nacional, se sente mais à vontade. A vaga de Tchê Tchê, possível desfalque até para a estreia na Copa Libertadores, em 8 de março, se encontra aberta a partir desta quarta, quando o elenco se reapresenta.

"No esquema que o Eduardo [Baptista] está usando, o 4-1-4-1, eu me sinto bem jogando mais por dentro. Sinto-me mais solto e mais cômodo. Posso participar mais do jogo, porque vou buscar a bola quando não tenho muito contato", analisou o venezuelano.

"Se me colocarem por fora, não será tão bom, porque vou receber a bola mais atrás. Por dentro, me sinto melhor. Como mostrei no Atlético Nacional-COL, é por ali que jogo melhor", declarou Guerra.

O destaque da Libertadores no ano passado, entretanto, possui um concorrente renomado para a vaga de titular no domingo. O também experiente Michel Bastos, autor do gol da vitória sobre o Santo André, tem atuado também centralizado e surge como opção para Eduardo Baptista.

Em relação a Guerra, Michel Bastos possui a vantagem do tempo com o grupo. O MVP da última Libertadores ganhou uma semana a mais de férias em comparação com os outros jogadores, em virtude da participação no Mundial de Clubes pelo Atlético Nacional.

No entanto, agora inscrito, o camisa 18 palmeirense aparece como uma opção viável para o Palmeiras. Resta a Eduardo Baptista decidir se Itu será o palco da estreia de Alejandro Guerra pelo atual campeão nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos