Sindicato dos Atletas explica tentativa de paralisar o Campeonato Paulista

Do UOL, em São Paulo

Depois de emitir nota, na qual afirma que tentará na Justiça a paralisação do Campeonato Paulista por alguns clubes ferirem a determinação de "fair play financeiro" estabelecido com a Federação Paulista de Futebol, o Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo (Sapesp) soltou um novo comunicado nesta quarta (08) para esclarecer a nota anterior sobre o assunto.

A entidade explicou que a nota serviu para "enfatizar que o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo), no primeiro semestre do ano de 2016, deixou de colaborar com o desenvolvimento do futebol no Estado de São Paulo não autuando, sequer, nas denúncias feitas com relação aos inadimplementos salariais daquele momento".

O Sapesp ainda ressaltou que o conteúdo "não tinha como foco expor os clubes e sua situação financeira". "EC Santo André recompôs sua estrutura e vem cumprindo rigorosamente os direitos dos atletas profissionais integrantes de seu elenco", diz trecho do novo comunicado.

Confira a nota da íntegra:

Como o trabalho do Sindicato de Atletas SP nunca teve o intuito de prejudicar quem quer que seja e pela lisura que imprime ao trabalho vem neste momento esclarecer:

As referências feitas na nota emitida no dia de ontem, 06 de fevereiro, foram para demonstrar que o TJD, no primeiro semestre do ano de 2016, deixou de colaborar com o desenvolvimento do futebol no Estado de São Paulo não autuando, sequer, nas denúncias feitas com relação aos inadimplementos salariais daquele momento. A afirmação serviu para reiterar que a omissão poderia ter mudado os resultados das competições, caso houvesse a perda de pontos cuja previsão se estampa no Regulamento do Campeonato organizado pela FPF. Assim, vê-se que o enfoque foi dado à negligência do então responsável pelo TJD.

O conteúdo retratado não serve para mostrar a situação dos clubes citados lá em termos atuais, porque naquilo que apuramos, o EC Santo André recompôs sua estrutura e vem cumprindo rigorosamente os direitos dos atletas profissionais integrantes de seu elenco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos