Rogério Ceni admite peso emocional de estreia e elogia atuação do SP

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Nem mesmo os 20 anos de experiência, adquiridos pela carreira como goleiro do São Paulo, impediram Rogério Ceni de tratar a tarde deste domingo como uma ocasião especial. O retorno ao Morumbi, pela primeira vez como técnico e diante de mais de 50 mil pessoas no estádio, mexeu com o ídolo são-paulino.

"Nasci no futebol aqui, praticamente. Morei aqui e passei por todas as dificuldades que me deram maturidade. (...) Sempre fico muito feliz de voltar ao Morumbi", declarou o treinador após a goleada por 5 a 2 sobre a Ponte Preta.

O ex-goleiro se mostrou comedido e rapidamente passou a analisar a expressiva vitória são-paulina. Para justificar a satisfação pela atuação dos comandados, Ceni apresentou números.

"Fico feliz por fazer cinco gols e ter mais de 70% de posse de bola. Metade da bola que chutamos contra o Audax, mas tivemos uma conclusão melhor. Conseguimos fazer mais gols e dominar 90%, 95% do jogo", analisou o treinador.

"Quando tomamos o gol, tínhamos 75% da posse de bola. Os gols que levamos saíram de pequenos erros, ajustes. O mais importante foi a dedicação de todos, marcação alta durante praticamente todo o jogo", acrescentou Ceni.

Depois de uma derrota e uma vitória, o São Paulo lidera o Grupo B do Campeonato Paulista com os mesmos três pontos do Linense, levando vantagem no saldo de gols.

O Red Bull aparece na terceira colocação, mas com uma partida a mais, uma vez que já disputou a terceira rodada antecipadamente. O Tricolor visita o Santos na próxima quarta-feira, a partir das 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos