Lateral do Santos quebra o pacto de silêncio: "situação resolvida"

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/Santos FC

    Victor Ferraz deu assistência na vitória por 3 a 2 do Santos sobre o Red Bull

    Victor Ferraz deu assistência na vitória por 3 a 2 do Santos sobre o Red Bull

No último domingo (12), após o apito final do jogo contra o Red Bull, no Pacaembu, os jogadores do Santos deixaram o campo sem falar com a imprensa, um protesto pela demissão do gerente de futebol Sérgio Dimas. Na tarde desta segunda-feira (13), o elenco, representado pelo lateral Victor Ferraz, voltou a 'dar as caras', em coletiva concedida no CT Rei Pelé.

Porém, o jogador santista evitou dar mais detalhes sobre o pacto de silêncio feito no domingo. ""O clima [para o clássico] é o melhor possível. Foi uma situação resolvida internamente. Houve [um problema] ontem e ontem mesmo já foi definido, foi resolvido. Agora a gente só tem que pensar no jogo de quarta-feira [jogo contra o São Paulo]", disse Victor Ferraz.

Ele ainda garantiu que problemas externos não irão influenciar dentro de campo. "A mim não preocupa em nada. Acho que a diretoria, presidência e grupo se dão bem. Temos abertura. Presidente dá abertura até para os mais novos. Acho que isso não vai ser problema", acrescentou o lateral santista.

Com um gol polêmico já nos acréscimos, marcado por Kayke, o Santos bateu o Red Bull por 3 a 2 e assim venceu a segunda partida em dois jogos no Paulistão. Na estreia, havia goleado o Linense, na Vila Belmiro, por 6 a 2. O time volta a campo na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, para encarar o São Paulo, pela terceira rodada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos