Com gol de novato, Corinthians faz as pazes com a vitória em Arena "vazia"

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Derrotado pelo Santo André no último sábado, o Corinthians voltou a vencer pelo Campeonato Paulista nesta quarta-feira. Diante do Novorizontino e com apenas 11 mil torcedores presentes, o pior público da história da Arena, a notícia boa foi o melhor futebol e o triunfo por 1 a 0. 

Apesar de criar mais oportunidades que no último jogo, o Corinthians ganhou graças ao novato Pablo, zagueiro recentemente adquirido. Ele fez de cabeça, no primeiro tempo, em escanteio batido por Fagner. Ainda houve mais chances para Rodriguinho e Marlone, mas o time de Fábio Carille ficou mesmo na vitória simples. 

Com os três pontos, o Corinthians passa à segunda posição do Grupo A, agora com 6 pontos. O Novorizontino, com 3 pontos, é terceiro do Grupo C.

O melhor: Pablo

Além de anotar o gol da vitória, o zagueiro ex-Bordeaux teve atuação bastante segura ao lado de Balbuena. 

O pior: Marlone

Pela segunda partida seguida, não atuou bem. Perdeu boa oportunidade e foi substituído aos 18min do segundo tempo. Vem com desgaste muscular. 

Mudança de esquema

O Corinthians enfrentou o Novorizontino com um esquema tático diferente em relação aos últimos jogos. O time atuou no 4-2-3-1 em vez do 4-1-4-1. Na formação atual, Fellipe Bastos recuou para jogar ao lado de Gabriel. À frente, na linha de três, Rodriguinho ficou por dentro, com Marlone à esquerda e Romero à direita. Na referência, Jô.

Jogo aéreo agora funciona

No último sábado, o Corinthians cruzou quase 50 bolas para a área durante a derrota por 2 a 0 para o Santo André em Itaquera. Nesta quarta o time alvinegro voltou a apostar no fundamento. Foi dessa forma que a equipe conseguiu abrir o placar. Fagner cobrou escanteio pelo lado direito e o zagueiro Pablo marcou de cabeça seu primeiro gol com a camisa do clube.

De volta e já vai para o jogo

Léo Jabá se reapresentou da seleção sub-20 na terça-feira após campanha decepcionante no Sul-Americano e já foi acionado por Fábio Carille. Diferentemente de Leo Santos, Guilherme Arana e Maycon, que nem relacionados foram, Jabá ficou no banco e entrou aos 18 minutos do segundo tempo na vaga do desgastado Marlone, que atuou bem enquanto teve forças. Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel, vale lembrar, foram preservados. 

Apenas 11 mil torcedores

O Corinthians registrou o pior público da arena de Itaquera. O estádio recebeu apenas 11.708 torcedores compareceram ao estádio no jogo número 90 do time alvinegro no local. O número é inferior ao público de Corinthians e Atlético-MG no Campeonato Brasileiro do ano passado. Na ocasião, 17.135 pessoas assistiram ao empate sem gols no local. O segundo pior resultado tinha sido registrado na derrota para o Santo André por 2 a 0, no último sábado (18.046).

Diego Salgado/UOL Esporte

Repeteco

Corinthians e Novorizontino voltaram a se enfrentar na arena de Itaquera. No ano passado, o time alvinegro venceu a equipe do Novo Horizonte por 3 a 0, gols de Fagner, duas vezes, e Alan Mineiro. Na ocasião, 30.475 torcedores assistiram à vitória. Antes desse duelo, o último encontro tinha ocorrido em 1996, em duas oportunidades, com triunfos corintianos: 2 a 1 em Catanduva e 4 x 0 no Parque São Jorge.

Camisa amarela

O Novorizontino jogou contra o Corinthians com um uniforme personalizado. A camisa usada pelo time do interior trazia a cor amarela, sem as listras pretas horizontais habituais. Segundo o clube, o fato deu-se pelo jogo ser considerado especial para o clube. A data do confronto, inclusive, estava estampando ao lado do escudo do clube.

FICHA TÉCNICA
 
CORINTHIANS 1 X 0 NOVORIZONTINO
 
Data: 15 de fevereiro de 2017, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Paulista (3ª rodada)
Público pagante: 11.708 
Renda: R$ 473.376,10
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Eduardo Vequi Marciano e Risser Jarussi Corrêa
Cartões amarelos: Fagner e Leo Jabá (Corinthians);  Everaldo e Domingues (Novorizontino)
Gol: Pablo, aos 28min do primeiro tempo
 
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel e Fellipe Bastos (Camacho); Romero, Rodriguinho e Marlone (Léo Jabá); Jô (Kazim). Técnico Fábio Carille
 
NOVORIZONTINO: Tom; Cléo Silva, Domingues, Guilherme Teixeira e João Lucas; Éder (Henrique Santos), Doriva, Roberto e Fernando Gabriel (Caíque); Everaldo (Roberto) e Alexandro. Técnico: Júnior Rocha

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos