Eduardo Baptista reclama de falta de tempo para clássico e reza por Moisés

Do UOL, em São Paulo

Logo depois da goleada por 4 a 0 sobre o Linense, o técnico Eduardo Baptista já precisa começar a pensar no clássico de quarta-feira, contra o Corinthians. O treinador está preocupado com a recuperação dos jogadores, pois terá um dia a menos para preparar a equipe do que o arquirrival, que jogou no sábado, contra o Audax.

"O primeiro objetivo é recuperar os atletas. O Corinthians está um dia à frente na preparação. É mais um jogo e teremos várias decisões. Estamos preparando o Palmeiras, que vai sempre com toda a força para todos os jogos. Vamos com equilíbrio, sabendo onde queremos chegar", disse Eduardo Baptista.

O treinador se mostrou tranquilo em relação à pressão da torcida, que aumentou na última semana por conta da derrota para o Ituano.

"É um time campeão brasileiro, sabia que teria muita pressão. Perdi jogadores importantes, tenho atletas que ainda não se conhecem. Sabíamos de tudo isso e estamos preparados. Não tenho de ficar preocupado e rebater críticas. Tenho de trabalhar. Foi um jogo bom, mas não ganhamos nada", afirmou o treinador.

Entre os jogadores que Eduardo Baptista pode perder na sequência do Campeonato Paulista está Moisés, que sofreu um entorse no joelho esquerdo na partida contra o Linense, em Araraquara, e será examinado em São Paulo. 

"A gente fica triste. A equipe da Linense extrapolou na violência. Foi o Moisés, mas em outros lances mais jogadores poderiam ter machucado. A gente fica triste. É um jogador que tivemos tanto cuidado e vê-lo em um lance como esse... Temos de rezar por ele. Assustou também o choro dele, a dor. Se ele não puder jogar na quarta, pensaremos em outros nomes para dar sequência ao trabalho", disse o técnico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos