Jogador envolvido em lesão de Moisés é defendido no Palmeiras

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Fotoarena

    Moisés ficará afastado do futebol por até seis meses

    Moisés ficará afastado do futebol por até seis meses

O meio-campista Zé Antônio, envolvido diretamente no lance responsável por tirar Moisés por pelo menos seis meses dos gramados, recebeu defesa dentro do próprio elenco do Palmeiras. Nesta segunda-feira, Willian, que atuou na goleada por 4 a 0 do atual campeão brasileiro sobre o Linense, defendeu o jogador do clube do interior, alvo de ameaças.

"Tenho certeza que o Zé ficou muito triste, em nenhum momento queria machucar o Moisés. Alguns tem esse estilo de jogo e acaba a maldade, mas acredito que não foi maldade do Zé Antônio", disse Willian

"Tive a oportunidade de jogar com o Zé Antonio...conversei com ele, e o Zé e disse que não teve intenção nenhuma. Infelizmente veio a ocorrer essa lesão", acrescentou o atacante, autor de um gol na goleada.

O desfalque de Moisés por grande parte da temporada abalou o elenco do Palmeiras, conforme relatos de Willian. O atacante, no entanto, quer uma resposta a esta tristeza de maneira rápida: com vitória no clássico de quarta-feira contra o Corinthians.

No primeiro teste sem Moisés, Willian prevê dificuldades; não só para este compromisso em particular, mas no decorrer dos próximos confrontos, enquanto o time ainda se ajeitará sem o camisa 10.

"É muito triste, mas que Deus possa dar força para o Moisés e a família dele. Que ele tenha muita força; é um jogador de muita importância para o elenco. Ele fará muita falta, mas que possa se recuperar o mais rápido possível", finalizou o jogador palmeirense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos