Surpresa do Palmeiras 'delata' Gabriel e vira protagonista em dérbi

Dassler Marques, Diego Salgado e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Keno 'delatou' Gabriel para o árbitro Thiago Duarte Peixoto

    Keno 'delatou' Gabriel para o árbitro Thiago Duarte Peixoto

O palmeirense mais desavisado se surpreendeu no momento em que foram anunciadas as escalações para o dérbi contra o Corinthians, em Itaquera. Um dos reforços menos badalados para a temporada, Keno começou a partida entre os titulares. Não demorou para o camisa 27 justificar a confiança de Eduardo Baptista.

O atacante de 27 anos, contratado junto ao Santa Cruz no início deste ano, se tornou um dos protagonistas do clássico na Arena Corinthians ao cavar a expulsão do corintiano Gabriel, ex-Palmeiras. O placar do duelo, no fim das contas, desfavoreceu: 1 a 0, gol de Jô.

Além de sofrer a falta, Keno delatou Gabriel como o autor da infração para o árbitro Thiago Duarte Peixoto. No entanto, o volante corintiano se encontrava a muitos metros do lance; Maycon foi quem derrubou o atacante palmeirense no contra-ataque.

Logo após Keno 'entregar' Gabriel, o árbitro apontou o segundo cartão para o camisa 5 corintiano, totalmente alheio ao lance, e provocou o momento mais marcante do dérbi desta quarta-feira.

A partir do erro, as reclamações corintianas geraram até um princípio de confusão na saída do gramado entre os reservas; o zagueiro Pedro Henrique e Omar Feitosa, preparador físico palmeirense, discutiram feio à beira do gramado e precisaram ser contidos.

Alheio ao clima hostil causado pela sua 'delação', Keno continuou como um dos protagonistas propriamente pela bola em campo. Saíram do camisa 27 as duas principais chances dos visitantes na partida em Itaquera.

Na primeira etapa, o atacante acertou o travessão de Cássio. Já na etapa complementar, com uma cabeçada depois de cruzamento de Alejandro Guerra, exigiu grande defesa do goleiro corintiano, no melhor momento do campeão brasileiro em Itaquera.

O domínio do clube alviverde na segunda etapa, justamente quando contou com um homem a mais em campo, nasceu graças à 'delação' de Keno. O atacante de 27 anos, a grande surpresa na escalação de Eduardo Baptista, mostrou a maturidade (e malandragem) para encarar um Palmeiras x Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos