Tchê Tchê se manifesta e diz que provocação a Gabriel foi 'brincadeira'

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Fotoarena

A provocação de Tchê Tchê ao corintiano Gabriel, expulso de forma equivocada pelo árbitro Thiago Duarte Peixoto no dérbi da última quarta-feira, ganhou um novo capítulo nesta quinta. O meio-campista palmeirense se manifestou e disse que a mensagem não passou de uma brincadeira.

Por intermédio de comunicado divulgado pela sua assessoria de imprensa, o camisa 32 do Palmeiras, afastado por lesão no ombro esquerdo, divulgou uma mensagem na qual tira qualquer intenção de ofender o ex-colega de Palmeiras e o Corinthians em si.

"Se instituição ou atleta se sentiram ofendidos, Tchê Tchê reitera que não foi sua intenção. Como em toda rivalidade clubística, ele quis apenas descontrair e, de maneira alguma, faltar com respeito", diz o comunicado, que aponta uma brincadeira entre ex-companheiros.

"Tchê Tchê, que assistia ao jogo, acompanhava a transmissão ao vivo de Moisés e também interagia com torcedores, brincou com Gabriel. Ex-companheiros de Palmeiras, mas agora rivais, Tchê Tchê apenas quis descontrair durante a transmissão, dando, inclusive, risadas durante os comentários", acrescenta a mensagem.

Na noite da última quarta-feira, pouco depois de Gabriel receber o cartão vermelho de forma equivocada - era Maycon envolvido no lance -, Tchê Tchê escreveu durante uma transmissão de Moisés: 'Traíra, tem que ser expulso nesta p... mesmo'.

A mensagem se direcionava a Gabriel, volante campeão brasileiro pelo Palmeiras no ano passado e agora titular do Corinthians. O palmeirense, com o comunicado exposto logo abaixo, aponta a mensagem como apenas uma brincadeira entre amigos.

Confira o esclarecimento do atleta Tchê Tchê:

Diante da proporção tomada, nesta quinta-feira, por comentários feitos na noite de quarta-feira, durante transmissão ao vivo do jogador Moisés, via Instagram, o atleta Tchê Tchê, do Palmeiras, explica a situação.

A opção, no início, foi de não se manifestar, até por conta de não passar de um brincadeira entre dois atletas do clube. Mas, após publicações e repercussão, com julgamentos que não condizem com a verdade, o meio-campista do Verdão enfatiza que tudo não passou de uma brincadeira.

Tchê Tchê, que assistia ao jogo, acompanhava a transmissão ao vivo de Moisés e também interagia com torcedores, brincou com Gabriel. Ex-companheiros de Palmeiras, mas agora rivais, Tchê Tchê apenas quis descontrair durante a transmissão, dando, inclusive, risadas durante os comentários.

Se instituição ou atleta se sentiram ofendidos, Tchê Tchê reitera que não foi sua intenção. Como em toda rivalidade clubística, ele quis apenas descontrair e, de maneira alguma, faltar com respeito. O histórico de Tchê Tchê, presente tem 37 dos 38 jogos do Palmeiras no Brasileirão do ano passado, com apenas uma suspensão automática, reflete sua lealdade e respeito dentro de campo com os companheiros de trabalho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos