Zagueiro marcado por choro dá vitória ao Corinthians: "felicidade enorme"

Do UOL, em São Paulo

A bola aérea foi jogada decisiva do Corinthians para alcançar a vitória neste sábado, por 3 a 2, em visita ao Mirassol. O gol mais importante, marcado aos 41min do segundo tempo, foi do jovem Pedro Henrique. Ele nunca havia marcado com a camisa corintiana e mostrou emoção após o jogo. 

"É uma sensação indescritível por meu primeiro gol. É uma felicidade enorme fazer um gol com a camisa do Corinthians", comentou Pedro Henrique, 22 anos, ao Premiere FC.

Ele ficou marcado por chorar em seu batismo como profissional do Corinthians em 2016, justamente a estreia de Cristóvão Borges no clube diante do Atlético-MG. Ao errar em um dos gols atleticanos naquele dia, Pedro Henrique chorou na saída do gramado e foi consolado pelos rivais. 

Mais maduro, Pedro Henrique ganhou a chance de atuar no lugar de Balbuena, preservado por Fábio Carille da formação titular, e teve Pablo como companheiro - o mais experiente também fez seu gol, de cabeça. 

"O Mirassol foi um adversário duro, que dificultou até os minutos finais. A vitória é mérito de todo o grupo, que está de parabéns pela entrega", disse. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos