Maratona faz Palmeiras pensar em time misto para clássico com São Paulo

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Agência Palmeiras

    Eduardo Baptista confessa a chance de usar uma equipe alternativa diante do SP

    Eduardo Baptista confessa a chance de usar uma equipe alternativa diante do SP

Depois de sair sexta-feira de Campinas, após atuar contra o Red Bull pela sétima rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras encarará uma pequena maratona na próxima semana. A correria, na análise de Eduardo Baptista, pode obrigar o clube alviverde atuar com uma equipe alternativa no clássico contra o São Paulo, no próximo dia 11.

A opção de atuar contra o clube tricolor com uma equipe 'mista' foi revelada pelo próprio treinador palmeirense, em entrevista concedida na tarde desta sexta-feira, antes do trabalho na Academia de Futebol.

"Devido à viagem a Tucumán ter sido confirmada muito próxima da data, tivemos uma dificuldade grande na logística. Vamos acabar o jogo e passar a madrugada toda viajando da Argentina. Esse pessoal que jogar quarta vai ter dificuldade de jogar no sábado", afirmou Eduardo Baptista, antes de confessar a chance de um time alternativo.

"Muitos que não jogarem contra o Tucumán vão estar em campo contra o São Paulo. Aí você dá oportunidade a todos, quem for bem pode ter oportunidade de jogar a Libertadores", declarou o comandante palmeirense.

San Miguel de Tucumán, cidade da estreia palmeirense na Libertadores, está localizada a pouco mais de 1000 km de Buenos Aires, capital argentina. O Palmeiras conheceu o Atlético Tucumán como adversário somente na semana passada - os argentinos passaram pelo Junior Barranquilla, da Colômbia, na fase mata-mata.

Eduardo Baptista, durante a conversa desta quinta-feira, não escondeu a prioridade total para a Copa Libertadores, competição mais aguardada pelo Palmeiras para esta temporada.

No entanto, o clássico contra o São Paulo surge como fundamental neste momento da temporada. O campeão brasileiro, derrotado no primeiro grande confronto estadual para o Corinthians (1 a 0), quer dar uma resposta diante do torcedor no Allianz Parque, no próximo dia 11.

Mesmo com a chance de usar uma formação alternativa diante do São Paulo, com atletas reservas, Eduardo Baptista tratará o jogo como fundamental. Um resultado positivo contra o rival serviria para consolidar ainda mais o trabalho do novo treinador palmeirense.

"Essa sequência para a gente é importante, são decisões. A partir do jogo do Red Bull, que é importante ganhar para ter tranquilidade, poderemos mostrar o valor desse elenco nos clássicos também", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos