Borja marca, mas não se contenta com um por jogo: "Tomara que seja mais"

Do UOL, em São Paulo

Miguel Ángel Borja, contratação mais badalada do Palmeiras nesta temporada, começou mais uma vez no banco de reservas, mas não perdoou. Apesar de uma atuação apagada até os minutos finais, o atacante colombiano soube aproveitar a última chance do jogo para fechar a vitória por 3 a 1 do alviverde sobre o Red Bull nesta sexta-feira (3).

Apesar de marcar dois gols em dois jogos, Borja ainda espera aumentar a média de tentos por partida. "Tenho apenas que agradecer a Deus, estou muito contente por esse gol. Tomara aumente, que seja mais que um gol por jogo (de média), quer dizer que estamos fazendo um bom trabalho", disse o atacante em entrevista à Rádio Globo.

Na comemoração, Borja pulou as placas de publicidade e se juntou ao compatriota Mina, reserva na partida desta sexta. Como não podia ser diferente, os dois dançaram para os torcedores, assim como o zagueiro costuma fazer quando balança as redes. "Já tinha planejado essa comemoração com ele", assumiu o atacante ao final do jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos