Vladimir minimiza cartão e nega agressão a Kazim no clássico

Do UOL, em São Paulo

Na vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Santos, o goleiro Vladimir foi advertido com um cartão amarelo após desentendimento com Kazim. O goleiro do Peixe minimizou o caso e negou agressão ao adversário.

"Foi lance de jogo, normal, nada demais. O árbitro acabou interpretando um desentendimento e que eu pudesse agredi-lo, mas não tive essa vontade. Achei que ele empurrou. Mas junto com a torcida o árbitro interpretou que minha atitude foi errada e levei o cartão", disse o arqueiro do Alvinegro do litoral paulista.

O lance foi aos 35 minutos do segundo tempo, quando o inglês naturalizado turco atrapalhou a reposição de bola de Vladimir. O goleiro se irritou com a atitude do corintiano e encostou no atacante com o pé. O árbitro entendeu como infração e mostrou o cartão amarelo.

Vladimir destacou-se na Arena contra o Corinthians, apesar da derrota santista. No primeiro tempo contra o arquirrival, o goleiro realizou pelo menos três grandes defesas que impediram a saída do zero do placar. Cássio, o guarda-redes corintiano fez elogios ao companheiro de posição no futebol.

"O Vanderlei é o melhor goleiro na atualidade, na minha opinião, e o Vladimir foi muito bem também. Então é uma grande escola", disse Cássio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos