'Nem sei o que aconteceu', diz Luiz Araújo sobre gol com ajuda da mão

Do UOL, em São Paulo (SP)

O terceiro gol são-paulino gerou muitas reclamações por parte dos jogadores do Santo André. No lance, Luiz Araújo contou com a ajuda do braço para balançar as redes. Depois da goleada por 4 a 1, o camisa 31 preferiu evitar qualquer polêmica; tanto com os tribunais, quanto com a torcida.

"Dei o carrinho, e nem vi direito o que aconteceu, só sei que a bola entrou e pude comemorar com a torcida maravilhosa", disse o atacante são-paulino, em entrevista concedida à TV Globo na saída de campo.

Imediatamente após o gol de Luiz Araújo, os jogadores do Santo André trataram de reclamar com Luiz Flávio de Oliveira. O árbitro responsável pela partida ignorou os questionamentos e validou o lance, que tranquilizou o São Paulo dentro do confronto.

Araújo, durante a zona mista após a partida, se esquivou. "Procurei me jogar na bola, e não vi se bateu na mão ou não. Senti que bateu na coxa, mas não sei se bateu na mão. Ainda não vi o lance. O mais importante foi que a bola entrou e o São Paulo venceu", disse.

Independente dos erros de arbitragem favoráveis – o primeiro gol são-paulino tinha Cícero em posição irregular -, o São Paulo dominou a maior parte do confronto deste domingo e pouco sofreu defensivamente; o gol adversário saiu após falha do goleiro Sidão.

O resultado positivo deixou o São Paulo confortável dentro do Grupo B do Campeonato Paulista. Com 14 pontos, a equipe comandada por Rogério Ceni possui quatro de vantagem em relação ao Linense, segundo colocado na chave – dois times avançam às quartas de final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos