Erros de arbitragem ajudam, e São Paulo goleia o Santo André

Do UOL, em São Paulo (SP)

Em uma tarde de arbitragem polêmica no Morumbi, o São Paulo manteve o conforto na liderança do Grupo B do Campeonato Paulista. Beneficiado pelo erro do trio comandado por Luiz Flávio de Oliveira em dois gols, o time comandado por Rogério Ceni goleou o Santo André pelo placar de 4 a 1, com gols de Cícero, Cueva, Luiz Araújo e Gilberto.

Os erros da arbitragem ocorreram no primeiro e terceiro gols da equipe tricolor. Cícero abriu o placar, com apenas 5min de jogo, em posição irregular (2,13m adiantado, mais precisamente). Na etapa complementar, aos 30min, a bola desviou no braço de Luiz Araújo antes de balançar as redes.

Além dos dois gols irregulares, o São Paulo, que dominou completamente a primeira etapa e acordou novamente na parte final do jogo após as entradas de Thiago Mendes e Wellington Nem, contou com mais uma boa exibição dos setores mais ofensivos para alcançar os 14 pontos – são quatro de vantagem em relação ao Linense, vice-líder do Grupo B.

O Santo André, em contrapartida, permanece com apenas seis pontos, na terceira posição do Grupo C.

Agora, o São Paulo volta a se concentrar na Copa do Brasil, antes de encarar o clássico com o Palmeiras, no próximo final de semana. Na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), a equipe comandada por Rogério Ceni encara o ABC-RN, novamente no Morumbi.

Quem foi bem: Luiz Araújo

O grande garçom da tarde de futebol no Morumbi. A jovem revelação da equipe tricolor distribuiu assistências para os dois gols da equipe da casa. No primeiro, ele cruzou para Cícero completar. No segundo, passe preciso para Cueva ampliar ainda na etapa inicial. Na etapa complementar, o camisa 31 ainda deixou a sua marca para definir o resultado.

Quem foi mal: Sidão

O goleiro são-paulino terminou a tarde como um ponto negativo do time. Sidão falhou no gol anotado pelo Santo André ao deixar escapar a bola em plena pequena área. O erro comprometeu a atuação individual e assustou o público, acostumado a um duelo tranquilo até então.

Estreia diante da torcida

O confronto deste domingo marcou a estreia do meio-campista Jucilei como titular do São Paulo. O jogador atuou em frente ao setor defensivo e permaneceu em campo até a metade da segunda etapa, quando Rogério Ceni promoveu a entrada de Wellington, inscrito no Paulista somente na última sexta-feira.

São Paulo sobra no 1º tempo

Mesmo com nomes importantes como Lucas Pratto no banco de reservas, a equipe de Rogério Ceni encontrou pouca dificuldade para alcançar a segunda vitória consecutiva na temporada. Com velocidade pelas pontas – e beneficiado pelo entrosamento repentino de Júnior Tavares e Luís Araújo pela esquerda -, o São Paulo dominou o Santo André durante todo o primeiro tempo.

Ah, a arbitragem...

Embora dominante desde o primeiro minuto, o São Paulo chegou à vantagem por intermédio de um gol irregular. Muito adiantado em relação à linha da bola, Cícero aproveitou cruzamento rasteiro para fazer 1 a 0 no Morumbi. O erro do trio de arbitragem, na internet, não passou despercebido.

Ah, a arbitragem (2)

O terceiro gol do São Paulo, responsável por determinar o resultado final da partida, também saiu de maneira irregular. A bola desviou no braço de Luiz Araújo antes de cruzar a linha do gol do Santo André. Imediatamente ao gol, o time andreense tratou de reclamar com a arbitragem; em vão, pois Luiz Flávio de Oliveira ignorou complemente os questionamentos.

Velhos problemas

O sistema defensivo do São Paulo voltou a preocupar o torcedor neste domingo. O lance do gol do Santo André, anotado por Leonardo, contou com a falha de diversas alas do time do Morumbi. Primeiramente, o posicionamento na bola aérea, com Buffarini perdendo a disputa. Por fim, Sidão deixou a bola escapar nos pés do jogador adversário.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 4 X 1 SANTO ANDRÉ

Local: Estádio Cícero Pompéu de Toledo, no Morumbi, em São Paulo
Data: 5 de março de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Alex Alexandrino e Leandro Matos Feitosa
Público: 20.694 espectadores
Renda: R$ 558.115,00
Cartão Amarelo: Lugano, Cueva e Gilberto (São Paulo)

Gols:
SÃO PAULO: Cícero, aos 4 minutos do 1º tempo, e Cueva, aos 26 minutos do 1º tempo; Luiz Araújo, aos 30 minutos do 2º tempo, e Gilberto, aos 43 minutos do 2º tempo.
SANTO ANDRE: Leonardo, aos 15 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Sidão; Buffarini, Lugano, Douglas e Junior Tavares; Jucilei (Wellington), Araruna (Thiago Mendes) e Cícero; Cueva (Wellington Nem), Luiz Araújo e Gilberto
Técnico: Rogério Ceni

SANTO ANDRÉ: Zé Carlos; Cicinho (Jean), Reniê, Leonardo e Baraka; Fernando Neto, Claudinho, Dudu Vieira e Henan; Eduardo Ramos (Paulinho) e Serginho (Edmilson)
Técnico: Sérgio Soares

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos