Carille reclama de desgaste, mas garante força máxima na Copa do Brasil

Do UOL, em São Paulo

Com o empate por 1 a 1 com a Ponte Preta fora de casa, neste domingo, pelo Paulista, o Corinthians volta suas atenções para a Copa do Brasil. Mesmo com a boa vantagem do Alvinegro após a vitória fora de casa por 2 a 0 sobre o Luverdense, o técnico Fábio Carille não vai poupar jogadores no segundo jogo da terceira fase da competição nacional. O treinador garante que vai escalar força máxima na partida desta quinta-feira, em casa. Porém, o comandante já cogita poupar algumas peças no jogo de domingo, contra a Ferroviária, pelo estadual.

"Temos três dias para preparar para o Luverdense com força total. Conseguimos uma grande vantagem lá. No domingo pode ser que a gente faça algumas mudanças, coloque o time para rodar, mas tem tempo ainda", disse o treinador, que reclamou do desgaste dos seus pupilos, como o meia Jadson, na partida deste domingo, contra a Ponte Preta.
 
"Hoje (domingo) alguns jogadores foram abaixo do normal. O Rodriguinho vinha machucado e agora fez uma sequência, o Jadson, o Jô, estão melhorando e trabalhamos para que fique muito melhor. O Jô vem de uma sequência de quase cinco meses sem jogar do ano passado. Sei do potencial do Jadson e sei que ele vai passar por esse processo, hoje era o terceiro jogo seguido e já sentiu, faz parte", completou Carille.
 
Por outro lado, o treinador fez questão de destacar o empenho dos atletas e a importância do empate por 1 a 1 com a Ponte Preta, conquistado em Campinas.
 
"É um time que está trabalhando muito, jogadores com muito empenho, vontade, dedicação, interesse em saber o por que das coisas. Vamos chegar fortes, podem esperar que vamos brigar muito por tudo o que aparecer na frente", disse o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos