Com pênalti polêmico, Corinthians perde e vê fim de série invicta

Do UOL, em São Paulo

Já classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista e com um time misto, o Corinthians foi derrotado pela Ferroviária, por 1 a 0, neste domingo (19), em Araraquara, pela nona rodada. A vitória da equipe do interior veio com um gol polêmico de pênalti. Alan Mineiro acertou a trave na cobrança e, no rebote, após a bola desviar em Cássio, ele ajeitou com o braço antes de mandar para as redes.

Com a derrota, o Corinthians vê o fim da sua série invicta de nove jogos entre Campeonato Paulista e Copa do Brasil. A última derrota havia sido contra o Santo André, por 2 a 0, pela segunda rodada do Estadual. Mesmo assim, o time mantém com folga a liderança no grupo A, com 19 pontos, mas perdeu a primeira colocação geral da competição para o Palmeiras, que bateu o Santos e chegou aos 21 pontos.

A Ferroviária, por sua vez, está em situação complicada no Paulista. Comandado por PC Oliveira, que já treinou a seleção brasileira de futsal, o time de Araraquara tem apenas nove pontos, está na última posição do grupo B e briga para não ser rebaixado. O resultado dá um gás a mais para a equipe. Na próxima rodada da competição, o Corinthians recebe o Red Bull Brasil, enquanto a Ferroviária visita o São Bernardo, que também luta contra o rebaixamento.

THIAGO CALIL/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
O atacante Jô, do Corinthians, em um lance contra a Ferroviária
Time misto

Por causa da maratona de jogos no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, o Corinthians entrou em campo sem quatro jogadores considerados titulares: Guilherme Arana, Maycon, Rodriguinho e Romero. Para essas vagas, Carille optou por Moisés, Camacho, Guilherme e Marlone. Ótima chance para esses dois últimos, sobretudo, já que perderam espaço com o treinador nos últimos jogos.

Do jeito que Guilherme gosta

Antes da partida deste domingo, Guilherme havia jogado por apenas 51 minutos nesta temporada. Contra a Ferroviária, ele foi escalado na posição que mais gosta: como um armador central, atrás do centroavante Jô. Marlone ficou na esquerda, enquanto Jadson, na direita.

Tudo pela direita no primeiro tempo



No primeiro tempo, tanto Marlone como Guilherme apareceram pouco. As melhores chances do time visitante surgiram pelo lado direito, com Jadson e Fagner. Em uma delas, Fagner cruzou e Jô cabeceou sozinho na área, mas sem muita força. A defesa da Ferroviária afastou. Logo depois, Fagner apareceu bem novamente ao achar Jadson na área. O chute do meia passou muito perto do gol do goleiro Tadeu, que salvou o seu time num outro chute de Jadson aos 25 minutos.

O Corinthians criou mais, mas deu liberdade para o adversário atacar também. Tanto que a Ferroviária deu mais chutes a gol no primeiro tempo: 6 a 5. Nenhum dos chutes, porém, levou um grande perigo a Cássio. Ao Corinthians, faltava mais agressividade e movimentação no ataque.
 


Pênalti e polêmica

Aos cinco minutos do segundo tempo, Fagner cometeu pênalti em Alan Mineiro. Ele mesmo foi para a cobrança e acertou a trave. No rebote, mandou para as redes. Jogadores do Corinthians reclamaram de que o jogador não podia pegar a rebote, mas a bola desviou em Cássio após bater na trave, o que valida o lance. O que o árbitro não viu é que o jogador da Ferroviária ajeitou a bola com o braço antes de fazer o gol.

THIAGO CALIL/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Fagner em ação pelo Corinthians contra a Ferroviária em Araraquara
Pressão e muralha

Depois de levar o gol, o Corinthians aumentou a velocidade e criou muitas chances de gol, tanto com Marlone como com Guilherme e Jadson. Todos pararam, porém, no goleiro do adversário. Tadeu fez excelentes defesas. Foi um verdadeiro bombardeio contra o gol da Ferroviária.

Estreia

Um dos destaques do Corinthians na Copa São Paulo de futebol júnior, o meia-atacante Pedrinho, de 18 anos, estreou no profissional do clube neste domingo. Ele entrou em campo aos 22 minutos do segundo tempo na vaga de Gabriel. Pedrinho, porém, não conseguiu ajudar o time alvinegro a se recuperar na partida.

De azul?



A Ferroviária deixou de lado o seu tradicional uniforme grená e estreou neste domingo um uniforme azul, que homenageia os 200 anos de fundação de Araraquara. O azul é a cor predominante da bandeira do município.

Casão gostou da escalação

Com Guilherme e Marlone, o comentarista Walter Casagrande, da Globo, gostou da escalação titular do Corinthians. Chegou a ver proximidade com os rivais paulistas e a vitoriosa equipe de Tite que foi campeã brasileira em 2015.
 

 


"Na minha opinião, melhor escalação do ano no Corinthians. Um time de futebol você tem que colocar para jogar a maioria dos jogadores que saibam jogar futebol, que jogam melhor futebol. Eu parto desse princípio. Está muito próximo daquele time de 2015 do Tite. O Jadson lá aberto, só mudaram os nomes dos outros, mas parecida a característica", disse Casagrande.

"Vai ser criativo, tem um poder de força muito grande. Eu penso assim: comparando com os outros times de São Paulo, o Palmeiras, o São Paulo e o Santos, que eram teoricamente melhores na escalação, o Corinthians se iguala, vai. Você pega Camacho, Guilherme, Jadson, Marlone e Jô, é time de respeito daí para frente", afirmou.

Blogueiros falam sobre o jogo

Juca: "Jogo de erros em Araraquara"

PVC: "O líder perde do lanterna"

Menon: "Tadeu breca evolução do Corinthians"


FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 19 de março de 2017 (domingo)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Bruno Salgado Rizo e Luiz Alberto Andrini Nogueira

FERROVIÁRIA: Tadeu; Jonathan, Patrick, Leandro Amaro e Willian Cordeiro; Renato Xavier, Luan, Kelvy e Alan Mineiro (Juninho); Élder Santana (Claudinei) e Tiago Marques. Treinador: PC Oliveira

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Moisés; Camacho e Gabriel (Pedrinho); Jadson, Guilherme (Rodriguinho) e Marlone; Jô. Treinador: Fábio Carille

Gol: Alan Mineiro (6 minutos do segundo tempo)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos