"Prata da casa" marca, mas Corinthians vacila no fim e empata com Red Bull

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Em uma partida em que novamente sofreu para se impor, o Corinthians chegou a ter a vitória nas mãos, mas desperdiçou. Com um jogador a mais e vencendo por 1 a 0, o time de Fábio Carille acabou sofrendo o empate nos acréscimos do segundo tempo e saiu do gramado da Arena Corinthians com um amargo 1 a 1.

O gol corintiano foi marcado por Maycon, "prata da casa" do clube - sete jogadores da base corintiana foram escalados no time titular. O gol do jovem volante foi feito após uma cobrança de falta, encerrando um jejum de 20 meses sem gols desse tipo.

O empate do Red Bull veio quando o resultado parecia controlado pelo Corinthians. Com um jogador a mais - Saulo foi expulso -, os donos da casa dominavam as ações. A igualdade no placar, porém, veio aos 46 minutos, com Guilherme Lazaroni.

O Corinthians, já classificado para as quartas de final do Paulistão, soma agora 20 pontos no Grupo A - sete a mais que Botafogo e o Ituano. A duas rodadas do fim, a equipe, que enfrenta o São Paulo no próximo domingo, ainda tem chances de encerrar a primeira fase como líder geral - o Palmeiras tem 24 pontos. 

O melhor: Maycon

O volante marcou o único gol do Corinthians nesta quinta-feira. O jogador corintiano conseguiu fazer as melhores jogadas no meio-campo e, de quebra, acertou o pé na bola parada.

O pior: Léo Jabá

O atacante atuou pelo lado esquerdo do campo e não conseguiu construir nenhuma jogada por ali. O garoto de 18 anos até se movimentou, mas não manteve o mau rendimento.

Acabou o jejum

Com o gol de Maycon, o Corinthians encerrou um jejum de 20 meses e 14 dias sem marcar um gol de falta. O último a conseguir balançar a rede dessa forma foi Jadson, contra o Atlético-PR (2 a 0), em 9 de julho de 2015.

Lambança do goleiro do Red Bull

A falta que resultou no gol de Maycon foi fruto de uma lambança do goleiro Saulo. Após sair errado para interceptar uma bola fora da área, o arqueiro tocou com a mão na bola e viu o segundo cartão amarelo, sendo expulso da partida.

Novo xodó da Fiel

Daniel Vorley/AGIF

Pedrinho estreou como titular da equipe do Corinthians e arrancou aplausos do torcedor presente à Arena Corinthians. Logo aos sete minutos, o atacante de 18 anos deixou o marcador no chão em um lance pelo lado direito. O jovem teve êxito em outras jogadas do primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa final.

Sustos no Corinthians

O volante Nando Carandina por pouco não abriu o placar para o Red Bull no primeiro tempo. O jogador acertou a trave duas vezes no mesmo lance. No segundo tempo, o adversário do Corinthians voltou a colocar duas bolas na trave. Nos acréscimos, Guilherme Lazaroni marcou para o Red Bull.

Matinê em Itaquera

O Corinthians entrou em campo às 17h devido ao jogo da seleção brasileira. O time de Tite enfrenta o Uruguai às 20h em Montevidéu. Com o jogo tão cedo, muitos torcedores entraram na Arena Corinthians já com o duelo em andamento.

Clayton está na área

O atacante de 21 anos, envolvido na negociação de Marlone com o Atlético-MG, assistiu à partida em um dos camarotes da Arena Corinthians. O jogador estava ao lado do agente Jorge Machado. O contrato de empréstimo até o fim do ano deve ser assinado nesta sexta-feira.

Molecada  corintiana

Com as escolhas do técnico Fábio Carille, o Corinthians enfrentou o Red Bull com sete jogadores da base alvinegra. O time corintiano foi composto pelos laterais Léo Príncipe e Guilherme Arana, o volante Maycon, o zagueiro Pedro Henrique, o meia-atacante Pedrinho e os atacantes Léo Jabá e Jô.

FICHA TÉCNICA
 
CORINTHIANS 1 x 1 RED BULL
 
Data: 23 de março de 2017, quinta-feira
Horário: 17h (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Paulista (10ª rodada)
Público: 16.861
Renda: R$ 675.886,90
Árbitro: Salim Fende Chavez
Auxiliares: Risser Jarussi Corrêa e Vitor Carmona Metestaine
Cartão amarelo:  Saulo (Red Bull)
Cartão vermelho: Saulo (Red Bull)
 
Gols: Maycon, aos 27, e Guilherme Lazaroni, aos 46 minutos do segundo tempo
 
CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Pablo, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel; Pedrinho (Guilherme), Rodriguinho, Maycon (Marciel) e Léo Jabá (Fellipe Bastos); Jô. Técnico: Fábio Carille
 
RED BULL: Saulo (Daniel); Lucas Taylor, Willian Magrão, Luan Peres e Thallyson; Alison, Nando Carandina e Fillipe Soutto (Guilherme Lazaroni); Luan, Elton (Daniel) e Bruno Alves. Técnico: Alberto Valentim
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos