Carille se revolta com arbitragem e reclama de lance de W. Nem: 'Não dá'

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo (SP)

O técnico Fábio Carille, ao contrário da postura ponderada na qual costumeiramente se apresenta após os jogos do Corinthians, se revoltou com a arbitragem no clássico contra o São Paulo, no Morumbi. Depois do 1 a 1, o comandante corintiano reclamou sobre a entrada de Wellington Nem sobre Léo Jabá, na qual o são-paulino levou o amarelo.

"Devo ter umas 30 partidas em que dirijo o Corinthians, desde interino, e não gosto de falar de arbitragem, mas fiz questão de ver o lance do Wellington Nem no Léo Jabá. Não dá", reclamou.

"Já tivemos a situação do Gabriel contra o Palmeiras, em que o lance foi com o Maycon, e não falei nada. São uns erros na frente dos bandeiras e do quarto árbitro, não dá para ficar passando", acrescentou o treinador, sem ver o lance no qual o atacante são-paulino acabou expulso no fim.

"Nem sei se foi justa a expulsão do Nem, se ele quis compensar. Mas, no lance com Arana, errou ele [árbitro], o quarto árbitro e o bandeira", acrescentou o comandante.

Wellington Nem recebeu o cartão vermelho nos acréscimos, depois de lance com o corintiano Camacho. Este ato da arbitragem revoltou os jogadores são-paulinos, que reclamaram com o trio depois do confronto.

A reclamação dos dois lados gerou uma reflexão do próprio treinador corintiano, insatisfeito com o nível de atuação do trio no jogo deste domingo no Morumbi.

"Falta critério. Está difícil entender o que os árbitros querem do jogo. Nós da comissão temos que trabalhar em cima disso", finalizou Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos