Rodriguinho faz, e Corinthians vai à semi com vitória por 1 a 0 no Botafogo

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

Uma cabeçada de Rodriguinho com estilo, aos 37min do primeiro tempo, levou o Corinthians de Fábio Carille à semifinal do Campeonato Paulista. Diante do Botafogo-SP neste domingo (9) em Itaquera, a vitória por 1 a 0 – a oitava por esse placar no ano – foi suficiente para assegurar a passagem após empate sem gols em Ribeirão Preto.

Com 33 mil torcedores presentes, o segundo melhor público da Arena Corinthians no ano, a equipe da casa jogou no limite, mas com as características que marcam sua trajetória em 2017: muita organização, disposição, poucas oportunidades concedidas ao adversário e, também, poucos gols marcados. Neste domingo, só Rodriguinho rompeu a barreira do Botafogo, eliminado.

 

Corinthians pegará São Paulo ou Ponte Preta na semifinal

Marcello Zambrana/AGIF
Carille aguarda seu adversário da semifinal do Paulistão

Com a vitória, são duas as hipóteses de rival para o Corinthians na semifinal. O adversário com maiores possibilidades é o São Paulo, caso o Santos se classifique ou caso a Ponte Preta avance sem vitória no Pacaembu, na segunda-feira. Em caso de triunfo da Ponte, o time de Campinas se torna o adversário corintiano.

Corinthians venceu. Adivinha quanto foi?

Rodriguinho fez o gol, perdeu mais duas chances claras e o Corinthians voltou a vencer pelo placar mínimo. Das 11 vitórias em 2017, oito foram por 1 a 0: Ferroviária (amistoso, em casa), São Bento (fora), Caldense (fora), Novorizontino (casa), Audax (fora), Palmeiras (casa), Santos (casa) e Botafogo-SP (casa).

O melhor: Arana

Marcello Zambrana/AGIF
Arana teve mais um bom desempenho com a camisa do Corinthians

Foi de novo o jogador que oferece segurança à defesa e rompe as linhas adversárias com velocidade e qualidade. O gol de Rodriguinho teve participação importante dele na iniciação.

O pior: Francis

Um dos destaques do Bota, fez testes no vestiário para jogar, mas não esteve em suas melhores condições. Acabou substituído no segundo tempo depois de errar quase tudo.

Tudo dava errado para Jadson e Rodriguinho. Tudo deu certo

Passada uma pressão competente no início, que Jô e Rodriguinho não transformaram em gols, o Corinthians caiu no sentido criativo. Até os 35 minutos, os dois principais criadores do time erravam quase tudo, mas isso mudou em um lance. Romero acertou lindo calcanhar para ultrapassagem de Arana, Maycon inverteu o jogo e Jadson, com um cruzamento na medida, serviu para Rodriguinho fazer de cabeça, com estilo.

Marquinhos Gabriel volta à equipe após dois meses

Ausente desde 9 de fevereiro, quando o Corinthians perdeu do Santo André, Marquinhos Gabriel ganhou oportunidade após ausência por problemas físicos. O treinador Fábio Carille confia bastante na recuperação do meia para os próximos meses.

Com Pablo e Balbuena, é raro o Corinthians sofrer gol até aqui

Marcello Zambrana/AGIF
Pablo é considerado um dos pilares defensivos do Corinthians

Com a vantagem construída por Rodriguinho, a força do sistema defensivo do Corinthians voltou a aparecer. O Botafogo não conseguiu marcar diante de Pablo e Balbuena, com números cada vez mais impressionantes em 2017. Com ambos, os corintianos jogaram 12 vezes e sofreram três gols em só dois desses jogos. Já sem os zagueiros juntos, a marca é de 7 jogos e 7 gols sofridos. Não à toa, o Corinthians tem a melhor defesa do Paulista, ao lado do Palmeiras. 

Opinião dos blogueiros

 
FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 x 0 BOTAFOGO-SP
 
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 9 de abril de 2017 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes:  Luiz Alberto Andrini e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público pagante: 33491
Público total: 33847
Renda: R$ 1.681.481,10
 
Cartões amarelos: Rodriguinho (Corinthians); Fernandinho, Samuel Santos, Marcão Silva e Gualberto (Botafogo-SP)
Gol: Rodriguinho, aos 37min do primeiro tempo
 
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Pedrinho), Rodriguinho (Marquinhos Gabriel) e Romero (Clayton); Jô. Treinador: Fábio Carille. 
 
BOTAFOGO: Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Matheus Mancini e Fernandinho (Kauê); Bileu e Marcão; Francis (Wesley), Rafael Bastos (Bernardo) e Diego Pituca; Marcão. Treinador: Moacir Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos