M. Gabriel diz que desconfiam dele. G. Augusto fala em ser ídolo após fico

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo (SP)

Ausente desde fevereiro, Marquinhos Gabriel voltou ao time do Corinthians neste domingo, durante a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP. Depois da partida, o meio-campista falou sobre seu desempenho, inclusive sobre um lance polêmico em que pediu pênalti, e comentou sobre a desconfiança de parte da torcida com seu futebol.

"Para mim foi pênalti claro. A gente trabalha tanto para quando entrar em campo poder fazer essas jogadas, mas o adversário impede, com falta ainda... O juiz tem que marcar, não tem o que pensar, não sei o que ele pensou na hora. Para mim, seria muito importante essa marcação", reclamou o meio-campista.

O lance citado por Marquinhos Gabriel aconteceu no último lance na partida, quando o meio-campista invadiu a área e acabou no chão após um encontro com o marcador. O árbitro mandou a jogada seguir, enquanto Marquinhos reclamou bastante.

Marquinhos Gabriel não entrava em campo desde 9 de fevereiro, quando o Corinthians acabou derrotado em casa pelo Santo André. Após se recuperar de problemas físicos, Fábio Carille, que confia bastante em sua recuperação, deu uma chance ao jogador. Ainda na zona mista, o meio-campista falou sobre o apoio que recebe das arquibancadas.

"Metade gosta, mas metada ainda tem desconfiança. É como eu falei, vou continuar trabalhando no dia a dia para adquirir a confiança de todo mundo. Da diretoria eu já tenho, mas quero cada vez mais. Agora, falando no geral, é a hora de trazer a torcida para o nosso lado. Precisamos dela junto, somos muito fortes aqui dentro", completou.

GIOVANNI AUGUSTO REAPARECE

Quem também voltou a ser relacionado foi Giovanni Augusto. Afastado por conta de lesões, e especulado em uma troca envolvendo Valdívia, do Internacional, o meio-campista corintiano apareceu no banco de reservas do Corinthians neste domingo. Apesar de não entrar, ele comemorou a nova oportunidade dada por Carille.
 
"Muito feliz em poder voltar neste momento. Infelizmente tive uma lesão que me atrapalhou quando estava começando a ter uma sequência. Tenho a consciência tranquila, sei que só vou conseguir recuperar meu lugar com trabalho. É ter paciência, trabalhar e, aos poucos, conquistar meu espaço novamente", disse.

O jogador só se irritou ao ser questionado sobre a fracassada negociação com o Inter. "Não gosto mais de falar sobre isso, é passado. Quero deixar bem claro que estou pensando exclusivamente no Corinthians, sou muito feliz aqui. É um sonho de criança que se realizou. Sei que posso ajudar muito a equipe esse ano. Sei que posso ajudar o Corinthians e, um dia, virar ídolo", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos