"O Gilson Kleina não vai deixar a gente empolgar", diz ataque da Ponte

Do UOL, em São Paulo

Ainda não empolgou. Pelo menos, é o que promete o elenco da Ponte Preta depois de vencer o Palmeiras por 3 a 0 no jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista. Autores de dois dos três gols da Macaca, Lucca e Pottker adotaram abordagens parecidas.

"É uma vantagem muito boa, mas não podemos achar que já estamos classificados. O Palmeiras é uma equipe muito grande e tenho certeza de que vem com muita força para o segundo jogo. O Gilson [Kleina, técnico da Ponte] não vai deixar a gente empolgar porque vai ser um jogo dificílimo", avisou Lucca. "O Gilson vai falar para a gente não empolgar. É uma grande equipe e, se a gente bobear, vai perder o jogo", emendou.

Depois de reclamar da arbitragem, o próprio atacante William Pottker também apostou no discurso cauteloso. "A gente sabe que está lidando com uma grande equipe da América do Sul. Está louco? Contra uma equipe dessa, não existe pé na final. O maior exemplo disso é o Barcelona [contra o PSG na Liga dos Campeões]. A gente tem que entrar focado", comentou o atleta.

"O Pottker falou que nós dois íamos fazer gol, e olha que aconteceu", divertiu-se Lucca. Com ampla vantagem alvinegra, o confronto de volta acontecerá no Allianz Parque no próximo fim de semana. "Boa [vantagem]. Não decide nada, mas é boa, dá uma tranquilidade a mais. A gente pode ter mais cuidado na partida de volta. A gente tinha uma vantagem contra o Santos e ajudou, mas só depois que o juiz apitou que o resultado se confirmou", disse o goleiro Aranha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos