Corinthians e Ponte encaminham inesperada reedição da final histórica de 77

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Corinthians e Ponte empataram por 1 a 1 na primeira fase do Paulista

    Corinthians e Ponte empataram por 1 a 1 na primeira fase do Paulista

Corinthians e Ponte Preta largaram na frente na busca pelas vagas na final do Campeonato Paulista e encaminharam um duelo histórico depois de 40 anos. Os times, que venceram São Paulo e Palmeiras, respectivamente, ficaram frente a frente na decisão do estadual de 1977, quando a equipe corintiana quebrou um tabu de quase 23 anos sem títulos.

Antes do início do Campeonato Paulista, nenhum dos dois times era apontados como amplos favoritos a chegarem à decisão. O Corinthians foi chamado de "quarta força do estado", o que está inclusive sendo usado como motivação para a equipe, e a Ponte chegou a ter uma fase complicada na competição, quando trocou até de treinador.

Após a vitória corintiana por 2 a 0 sobre o São Paulo em pleno Morumbi, o técnico Fábio Carille admitiu que a vantagem alvinegra é grande para a partida do próximo domingo em Itaquera.

"Fizemos muito bem a primeira parte da semifinal, mas agora temos que acertar na segunda. Temos que respeitar a grandeza do São Paulo e fazer um grande jogo no domingo para carimbar a vantagem que foi construída hoje", disse o treinador.

Gilson Kleina, por sua vez, elogiou a atuação da Ponte Preta no triunfo por 3 a 0 sobre o Palmeiras no Moisés Lucarelli. Os três gols foram marcados ainda no primeiro tempo da primeira partida da semifinal.

"Eu resumiria que a Ponte Preta venceu e convenceu. Soube marcar os pontos fortes da equipe do Palmeiras. A equipe teve uma movimentação que dificultou a marcação do Palmeiras e isso fez com que nós achássemos espaço. Fez um resultado importantíssimo. A Ponte Preta é uma equipe aguerrida que tem tudo para atingir o objetivo", frisou o técnico.

Final de 1977 foi decidida em três jogos

Folhapress
Basílio comemora gol marcado contra a Ponte Preta em outubro de 1977

Naquela ocasião, Corinthians e Ponte Preta disputaram três jogos, todos no Morumbi. No primeiro, o time da capital venceu por 1 a 0. O time de Campinas conseguiu virar a segunda partida e, assim, levar a decisão pro terceiro duelo.

Os rivais, então, entraram em campo na noite de 13 de outubro de 1977. O único gol do confronto foi marcado por Basílio, após um bate-rebate na área - o camisa 8 pegou o rebote e balançou a rede ao chutar de primeira, colocando fim à fila.

O Corinthians já fez diversas menções ao título devido ao aniversário de 40 anos. Jadson, por exemplo, atua com o número 77 às costas. A diretoria de marketing ainda irá lançar uma camisa comemorativa nos próximos dias.

Vale lembrar que Corinthians e Ponte também decidiram o Paulistão de 1979, novamente em três duelos no Morumbi. O time corintiano venceu o primeiro e, depois de um empate por 0 a 0, fez 2 a 0 com Sócrates e Palhinha no jogo derradeiro.

A Ponte voltou à final em 1981 e 2008, mas novamente acabou derrotada. O time de Campinas perdeu para o São Paulo e o Palmeiras, respectivamente - só em 2008 a equipe pôde jogar no Moisés Lucarelli.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos