Borja é vaiado após troca e chuta copo. Técnico minimiza episódio

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo*

O atacante Borja foi vaiado pela torcida do Palmeiras ao ser substituído no segundo tempo da partida contra a Ponte Preta, neste sábado, e deixou o campo muito irritado. Reforço mais caro da história do clube (cerca de R$ 34 milhões pagos pela Crefisa), o colombiano chutou um copo d'água que estava no gramado, próximo ao banco de reservas.

Ainda de acordo com o canal Premiere, ele disse "sempre eu", criticando as constantes trocas. O atacante foi substituído nas últimas cinco partidas. Assim como já havia sido em Campinas, no primeiro duelo da semifinal do Paulistão, Borja teve atuação apagada no Allianz Parque.

Eduardo Baptista minimizou o entrevero. "Foi contratado a peso de ouro pelo Palmeiras, sabe que vive de gols. Não está fazendo gols, então esse nervosismo dele é natural. E eu nem vi ele falando isso", afirmou o técnico.

Em seguida, o comandante disse que o camisa 12 não é intocável e pode ser substituído se necessário.

"É um jogador como outro qualquer no elenco do Palmeiras. Se tiver bem, vai ser titular. Não dá para falar agora. Hoje eu não pude contar com o William para iniciar, ele teve uma pancada forte no tornozelo. Então a concorrência é grande. O William, aliás, é o artilheiro", afirmou.

"Se você achar que não pode ser substituído é complicado. Eu tenho um grupo em alto nível. Eu acho que o nervosismo dele é uma auto-crítica." 

*Com Lancepress!

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos