Kleina diz que Ponte 'soube sofrer' e não saiu com empate por 'detalhe'

Do UOL, em Santos (SP)

Ao contrário da primeira semifinal, quando abriu 3 a 0 de vantagem sobre o Palmeiras no Moisés Lucarelli, a Ponte Preta sofreu na noite deste sábado (22) e levou pressão dos donos da casa durante boa parte do jogo. Nada que, de acordo com Gilson Kleina, tenha fugido do que já era esperado para o segundo confronto.

"Hoje nós soubemos sofrer. Nossa preocupação maior era quando fazíamos a marcação um pouco mais alta e a bola entrava no volante. Então começamos a sobrecarregar o Pottker, e ele ficou longe do gol", analisou o treinador.

De acordo com Gilson Kleina, a Ponte Preta ainda merecia ter saído do Allianz Parque com ao menos um gol na conta.

"Faltou um detalhe para que a gente saísse com o empate. A gente sabe que seria difícil, a classificação passa totalmente pelo primeiro jogo, pela competência que a gente teve no primeiro jogo", acrescentou.

A Ponte Preta agora espera o confronto entre Corinthians e São Paulo neste domingo, na Arena Corinthians, às 16h (de Brasília), para saber quem irá enfrentar na grande final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos