Após gol contestado, Jô evita polêmica e diz ser difícil fair play no lance

Do UOL, em São Paulo

Jô foi o protagonista do Corinthians no empate por 1 a 1 com o São Paulo, neste domingo (23), que garantiu a equipe alvinegra na final do Campeonato Paulista. O atacante marcou o único gol corintiano em posição duvidosa e falou sobre o lance.

"É o lance que a bola bateu na frente, no Romero ou no Maicon, então é difícil, é rápido. É difícil falar em fair play nesse lance. Nossa equipe mostrou raça nos dois jogos e é merecedor de estar na final. Foi crescendo e está merecidamente na final", disse.

Na partida de ida, vencida pelo clube do Parque São Jorge por 2 a 0, Jô recebeu cartão amarelo, o que seria seu terceiro e renderia a suspensão para o duelo na Arena, mas Rodrigo Caio, zagueiro do São Paulo, falou que o lance que rendeu o amarelo não foi culpa do atacante, o que fez o árbitro Luiz Flávio de Oliveira cancelar o cartão.

Classificado para a decisão contra a Ponte Preta, Jô exaltou o grupo comandado por Fábio Carrile. "O Corinthians está sendo assim. É nossa identidade saber sofrer. É por isso que estamos na final. Nosso time é raçudo."

A vaga na final do Paulista aconteceu quatro dias depois do clube ter sido eliminado em casa pelo Internacional, nos pênaltis, na Copa do Brasil. "Temos jogadores experientes pra poder psicologicamente esquecer contra o Inter e pensar nesse jogo contra o São Paulo. Entramos bem, marcamos bem e conseguimos a classificação", explicou Jô.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos