Ponte terá 3 reforços para 1º jogo da final. Mas perde 'zagueiro chave'

Do UOL, em Santos (SP)

Três motivos para comemorar, e um para lamentar. Assim está a cabeça do técnico Gilson Kleina, que terá reforços e um desfalque importante para o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, ainda com adversário indefinido (Corinthians e São Paulo).

Recuperados de edemas musculares, Nino Paraíba e Renato Cajá são presenças garantidas na lista de relacionados do jogo do próximo dia 30, domingo. O lateral, que não entra em campo desde a segunda partida das quartas de final do Paulista, contra o Santos, retoma a vaga que, no último sábado (22), contra o Palmeiras, foi de Jefferson. Já o meia deve ficar como opção.

Na outra lateral, Gilson Kleina terá outro reforço importante: Reynaldo, desfalque contra o Palmeiras por suspensão (terceiro amarelo). Com isso, Artur volta para o banco de reservas.

Em contrapartida, o técnico alvinegro não poderá contar com Marllon, zagueiro chave desde o começo do ano, quando fez a sua estreia diante do Botafogo-SP. Ele e Yago assumiram a zaga da Ponte Preta no terceiro jogo do Paulistão, depois de a defesa, formada por Fábio Ferreira e Kadu, sofrer seis gols nas duas primeiras rodadas (cinco do São Paulo e um da Ferroviária).

Desde que estreou, Marllon foi titular da Ponte Preta em todos os jogos e, junto com Yago, ajudou a defesa do time campineiro a se tornar uma das mais sólidas do Campeonato Paulista – foram apenas três gols nos últimos sete jogos, por exemplo. "Hoje perdemos o Marllon, vamos trabalhar na semana esse outro zagueiro", lamentou Gilson Kleina em coletiva.

Inicialmente, Fábio Ferreira aparece como favorito para substituir Marllon – Kadu corre por fora. O elenco volta aos treinamentos na segunda-feira (24) pela manhã, no Moisés Lucarelli.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos