Renan Ribeiro fala em grupo do São Paulo fechado com Rodrigo Caio

Danilo Lavieri e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

Segundo o goleiro Renan Ribeiro, Rodrigo Caio recebeu o apoio dos companheiros de São Paulo nos últimos dias. O zagueiro virou o centro das atenções depois de, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, ter avisado o árbitro de que tinha pisado no goleiro e, desta maneira, ter evitado que Jô recebesse o cartão amarelo e ficasse suspenso da segundo decisiva partida do mata-mata. No entanto, o defensor foi cobrado por parte do elenco e até mesmo pelo técnico Rogério Ceni por ter tomado tal atitude.

"O Rodrigo é um bom jogador, de seleção brasileira, companheiro da gente. O grupo está fechado e a decisão que ele tomou só cabe a ele. O Rodrigo falou em entrevistas e não cabe eu falar sobre isso", desconversou o goleiro, que não quis reclamar de uma possível falta de fair play do adversário neste domingo. "Cada um pensa de uma maneira", afirmou o jogador, sobre o fato de os corintianos não terem chutado a bola para fora quando Maicon reclamava de ter se lesionado.

Com o empate por 1 a 1 com o Corinthians neste domingo, o São Paulo foi eliminado no estadual. Na quarta-feira, o Tricolor já havia se despedido da Copa do Brasil, após mata-mata com o Cruzeiro. Mesmo assim, o arqueiro evitou falar em fracasso neste primeiro semestre.

"Fracasso é uma palavra muito forte. Ficamos chateados, sabemos da competência da nossa equipe e, se for ver, o nosso time se impõe em todos os jogos, mas temos de rever o que estamos fazendo", disse o arqueiro.



 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos