Carille usa eliminação de Santos e Palmeiras como lição para superar Ponte

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Carille não pretende poupar os atletas pendurados

    Carille não pretende poupar os atletas pendurados

O Corinthians enfrenta a Ponte Preta no próximo domingo (30) pelo jogo de ida da final do Campeonato Paulista. A equipe de Campinas chegou à decisão após eliminar Santos e Palmeiras. O técnico Fábio Carille usa a queda dos rivais como lição para superar a Macaca.

"Semana diferente, bastante ansioso por tudo. Minha vida mudou depois do dia 22 de dezembro e as coisas estão acontecendo muito legal. Temos que ir para Campinas bastante concentrados. É uma equipe muito boa, tirou duas grandes equipes. Temos que fazer um trabalho intenso, para não acontecer o mesmo com a gente", falou em entrevista à ESPN.

O comandante do Corinthians também apontou um erro a ser corrigido até decisão: a dificuldade de chegar na área do adversário. Para isso, ele quer melhorar o toque de bola da equipe.

"Nós tivemos um resultado rápido da nossa parte defensiva. O que eu venho buscando é a questão de acertos de passes. Erramos muito e por isso chegamos menos no gol dos adversários. Pela primeira vez temos uma semana para trabalhar e ser mais ofensivo", analisou Carille, que prometeu ir com força total, mesmo com quase todo o time pendurado.

"Vou com o que eu tenho de melhor para o jogo, pedindo para os atletas tomarem cuidado com os cartões. Mas não dá para ficar num momento desse segurando jogadores por causa disso. Vou com força máxima", disse.

O confronto de domingo será às 16 horas (de Brasília), no Moisés Lucarelli.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos