Pottker flerta com confiança, mas admite que Ponte "busca o impossível"

Do UOL, em São Paulo

A derrota por 3 a 0 para o Corinthians neste domingo (30) coloca a Ponte Preta em situação bastante delicada na final do Campeonato Paulista. A conquista do título inédito agora depende de uma goleada da Macaca em Itaquera, condição que torna a entrevista do atacante William Pottker algo paradoxal.

O artilheiro começa ensaiando discurso confiante. "Nada é impossível. Sentimos muito o baque. Era uma coisa inédita (o título), e vou dar parabéns para a equipe. Entramos desacreditados na competição, mas chegamos fortes na final. Ainda não acabou", avisa Pottker na saída do gramado.

Ao prosseguir na resposta, no entanto, deixa transparecer que a confiança não é tão grande. "É dar os parabéns para o time por tudo o que fez até aqui. Chegamos juntos, agora vamos terminar com honra. É complicado. Queríamos muito, mas o time pecou muito em alguns momentos do jogo. Mas vamos em busca do impossível", completa Pottker.

A Ponte visita o Corinthians no segundo e decisivo jogo da final no domingo (07), em Itaquera. Se devolver o placar, a disputa vai aos pênaltis. Para ser campeã no tempo normal, a Macaca precisa triunfar por quatro ou mais gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos