Rodriguinho diz que amarelo o motivou a decidir pelo Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

Rodriguinho foi o principal destaque da vitória por 3 a 0 do Corinthians sobre a Ponte Preta neste domingo, na primeira partida da final do Paulista. Com dois os gols e uma assistência, o meia teve como único fato negativo um cartão amarelo, que o deixará de fora da segunda partida, em Itaquera.

"Primeiro, estou muito feliz com o momento. Foi muito especial esse jogo, uma felicidade imensa. Agora, quando tomei amarelo, sobre ficar fora da final. Seria importante, vivi altos e baixos, e jogar uma final em casa com estádio lotado seria importantissimo", lamentou.

O meia explicou que, depois de fazer o primeiro gol, o cartão amarelo acabou motivando sua atuação na segunda etapa. Fora do segundo jogo da final, já que estava pendurado, o corintiano passou a tentar, nas suas próprias palavras, "algo diferente".

"Achei que ele poderia ter relevado como em outras faltas, mas fiquei muito triste e falei tenho que fazer algo diferente. Fui muito abençoado em poder ter essa partida muito especial na carreira".

Apesar de ser forçado a assistir à segunda partida das arquibancadas, Rodriguinho ao menos tem o alivio de saber que os companheiros tem uma vantagem de poder perder por até dois gols de diferença na Arena Corinthians. "Pensei em me empenhar ao maximo, pra se as oportunidades acontecessem, tentar a vitória aqui. Felizmente encaminhamos bem o titulo", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos