Tribunal define destino de Fagner, e Corinthians pode ter mais um desfalque

Do UOL, em São Paulo

Já é certo que o Corinthians terá dois desfalques na partida decisiva contra a Ponte Preta no próximo domingo em Itaquera. Nesta terça-feira, o time pode perder mais um jogador para a segunda final do Campeonato Paulista: o lateral Fagner será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) por uma troca de agressões com o meia são-paulino Cueva, na semifinal do Estadual.

Os dois jogadores foram denunciados pela procuradoria no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, resumido por ato hostil. A pena prevista vai de um a três jogos. Dessa forma, se for considerado culpado, Fagner perderá a segunda partida da final do Paulista.

O lateral direito se juntaria ao volante Gabriel e ao meio-campista Rodriguinho. Os dois atletas corintianos levaram o terceiro cartão amarelo no jogo de ida diante da Ponte, em Campinas.

De acordo com o técnico Fábio Carille, se for suspenso, Fagner será substituído pelo jovem Léo Príncipe, de 20 anos, que estreou no time profissional do Corinthians na temporada passada. O lateral reserva disputou seis partidas como titular em 2017 - a última contra a Universidad de Chile, na primeira fase da Copa Sul-Americana, em Itaquera. 

Na última quarta-feira, João Zanforlin, advogado do Corinthians, disse ao UOL Esporte que o clube estuda solicitar um efeito suspensivo no caso de gancho. Fagner, assim, poderia atuar normalmente.

"Dependendo o que ocorrer no julgamento, podemos pedir. Ou pelo número de jogos [penas a partir de três partidas dão direito ao pedido], ou se há grande chance da decisão ser modificada no tribunal pleno, numa instância seguinte, que pode gerar um dano irreparável ao atleta", disse o advogado.

A confusão entre Fagner e Cueva ocorreu logo no começo do segundo tempo do clássico entre Corinthians e São Paulo, em Itaquera, disputado no dia 23 de abril. O são-paulino, primeiro, chegou a acertar uma cabeçada no corintiano, além de um tapa. Momentos depois, o lateral desferiu uma joelhada na parte posterior da coxa do meia, a chamada "paulistinha".

 O Corinthians abriu uma larga vantagem sobre a Ponte Preta ao bater o rival por 3 a 0 fora de casa. Agora, o time corintiano pode ser campeão paulista pela 28ª vez mesmo se perder por dois gols de diferença na sua arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos