Mina, F. Melo e Cueva entram em seleção, mas "fogem" de festa corintiana

Danilo Lavieri e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/FPF

    Seleção do Campeonato Paulista foi dominada pelo Corinthians

    Seleção do Campeonato Paulista foi dominada pelo Corinthians

Yerri Mina, Felipe Melo e Cueva preferiram não ver a festa corintiana na festa que elegeu os melhores jogadores do Campeonato Paulista de 2017 na noite da última segunda-feira.

"Intrusos" na seleção do Estadual em relação aos finalistas, eles deixaram o local da premiação assim que receberam seus troféus e não viram os alvinegros celebrarem mais uma vez a 28ª conquista da história do time. Alguns eleitos da Ponte Preta não foram ao local para receber o troféu, como o caso de Aranha e Clayson.

A "fuga" já é algo tradicional em festas do Estadual. No ano passado, os eleitos que não foram campeões também deixaram o local logo após deixarem o palco. Felipe Melo, aliás, deixou o espaço da festa com uma brincadeira do apresentador da premiação, Felipe Andreoli. Elogiado pelo terno, ele ouviu o global pronunciar seu bordão e respondeu sem titubear fora dos microfones: "ousado". 

O palmeirense esteve acompanhado de um assessor de imprensa e de um segurança durante quase todo o evento, mas não se recusou a posar para fotos com fãs e funcionários que estavam na premiação. Mina fez o mesmo. Eles não falaram com a imprensa.

Entre os corintianos, os dois mais chateados por não estarem entre os 11 escolhidos da seleção foram Cássio e Gabriel. O volante foi o que mais reclamou por não ter sido selecionado pelos jornalistas que tinham direito a voto.

A festa ficou marcada por algumas inovações da Federação Paulista de Futebol, como destacar bastante a interação de torcida com as redes sociais. O anúncio da seleção, aliás, virou assunto no Facebook, Twitter e Instagram. Os escolhidos eram convocados com seus nomes em uma paródias e não davam entrevistas ao subir no palco.

A estratégia foi usada para deixar a cerimônia completamente cronometrada e evitar que o Sportv atrasasse a sua grade. Bem Amigos era o programa que entraria no ar assim que tudo estivesse acabado. Não à toa, Andreoli chegou a brincar com a falta de espaço para improviso: "Deixa eu ir rápido aqui porque se não o Galvão (Bueno, apresentador da atração) me mata". 

Nas vezes em que conseguiu um espacinho, no entanto, o ex-CQC aproveitou para praticar seu stand-up fazendo piadas com jogadores como Cássio, que viu o tamanho do seu queixo ser citado.

Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF, foi breve no seu pronunciamento e contou com a ajuda de um microfone de apresentador de televisão, preso ao seu rosto. Desenvolto no palco, ele também virou assunto entre os espectadores. Tudo com o apoio de uma "colinha". As paredes da parte de trás do galpão da festa exibiam o texto que precisaria ser lido. Os cantores e Andreoli também contaram com a estratégia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos