Visitante no Pacaembu? Corinthians faz 4 a 0 em dia de Jadson e Jr Dutra

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians provou neste domingo porque não pode ser chamado de visitante no Pacaembu. Contra um São Caetano que preferiu jogar em São Paulo em busca de melhor renda, os corintianos se impuseram sem grandes dificuldades e passearam com 4 a 0. A noite foi de Jadson, autor de dois gols, e também de Júnior Dutra, que entrou firme na disputa pela vaga do decepcionante Kazim. Romero completou a goleada nos minutos finais

Derrotado na estreia do Campeonato Paulista, o Corinthians se redimiu com bom futebol e ampla superioridade contra um São Caetano que, até aqui, desponta como forte candidato ao rebaixamento. O jogo agradável dos corintianos foi visto por apenas 7.348 pagantes, número que frustrou a expectativa do Azulão em conseguir uma renda elevada na capital.

Kazim sai, Dutra entra e Corinthians faz gol

A noite do Corinthians poderia ser resumida em três situações separadas por um intervalo de três minutos. Aos 17 do segundo tempo, Kazim, depois de mais uma atuação discreta, saiu para a entrada de Júnior Dutra. No instante seguinte, o São Caetano teve gol anulado. E aos 20, Clayson escapou pela ponta, Sandoval falhou e Dutra, com oportunismo, tirou de Helton Leite para anotar.

O melhor: Jadson

Daniel Vorley/AGIF

Responsável por perder um pênalti na última quarta-feira, o camisa 10 viveu jornada mais inspirada dessa vez. Com a categoria característica, agora quase como um camisa 8, auxiliou Gabriel na saída de bola, acertou bons passes para Clayson e encaminhou a vitória ainda na etapa inicial com um bonito gol. Como se não bastasse, meio sem querer, ainda anotou o terceiro gol no segundo tempo.

O pior: Pedro Costa

Lateral direito do São Caetano, errou quase todas as jogadas no apoio ao ataque e sofreu um bocado na marcação de Clayson, um dos corintianos mais inspirados na noite.

Campeão da Série A-2, São Caetano sofre

Na sua volta à primeira divisão paulista, o São Caetano começa sob risco de rebaixamento. Derrotado por 3 a 1 na estreia contra o Ituano, teve uma apresentação muito ruim no Pacaembu. Sem qualidade na criação, muito vulnerável na defesa e apático de um modo geral, foi facilmente batido pelo Corinthians

Queda de energia não esfria início corintiano

Daniel Vorley/AGIF

O jogo ainda estava morno e equilibrado quando a luz caiu aos seis minutos e deixou o Pacaembu às escuras. O problema tem sido recorrente no estádio municipal e paralisou o duelo por mais de 30 minutos. Após a interrupção, o recomeço trouxe consigo um Corinthians mais agudo: primeiro Romero testou o goleiro Helton Leite, que pouco depois fez ótima defesa em finalização de Rodriguinho.

Jadson abre o placar com belo gol

Em jogada iniciada na esquerda por Juninho Capixaba, a bola ficou com Rodriguinho, que acionou Kazim no pivô e viu Jadson bater colocado no cantinho. O gol fez bem ao Corinthians, que não recuou: dois minutos depois, Capixaba driblou dentro da área e quase fez o segundo.

Corinthians se movimenta melhor

A estratégia de jogo corintiana deu muito mais certo do que na derrota para a Ponte Preta. O time de Carille usou bem as pontas e frequentou a área rival sem grandes problemas durante todo o primeiro tempo. O que mais chamou a atenção foi o posicionamento de Jadson, que recuava bastante para armar a equipe detrás do meio-campo.

São Caetano ensaia reação, mas erra e se entrega

Daniel Vorley/AGIF

No segundo tempo o time do ABC paulista tinha mais disposição e posse de bola. Régis cabeceou uma bola perigosa aos 13; e Domingues balançou as redes, mas acabou flagrado em posição de impedimento. Quando a partida voltava a parecer equilibrada, Clayson puxou contra-ataque pela esquerda, cruzou de qualquer jeito e viu Júnior Dutra aproveitar erro de Esley para dobrar a vantagem corintiana. Foi o lance que nocauteou o São Caetano na partida.

Gol 'sem querer' e Romero transformam triunfo em goleada

Quando a noite é boa, tudo dá certo. Aos 29 minutos, Jadson tentou passe em profundidade para Júnior Dutra e acabou, sem querer, fazendo o terceiro gol corintiano. O atacante não conseguiu alcançar, o goleiro do São Caetano não teve tempo de reagir, e a bola rolou devagar para o gol. Aos 41, com o São Caetano entregue, Romero recebeu completamente livre na área e fez o quarto.

Capixaba estreia com personalidade

Daniel Vorley/AGIF

O lateral recém-chegado não sentiu o peso da camisa corintiana. Jogou bem ofensivamente e foi acionado com frequência em seu setor. Foi ele quem começou a jogada que resultou no gol de Jadson, e logo em seguida quase ampliou o placar ao aparecer na área adversária. No entanto o lateral falhou ao afastar uma bola no pé do adversário, na intermediária, e viu Cássio lhe salvar a pele.

Ficha Técnica

São Caetano 0 x 4 Corinthians
Data: 21 de janeiro de 2018
Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), São Paulo-SP
Hora: 19h30 de Brasília)
Público: 8.030 presentes (7.348 pagantes)
Renda: R$ 238.230,00
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Rogerio Pablos Zanardo
Cartões Amarelos: Chiquinho (São Caetano); Gabriel (Corinthians)
Cartão Vermelho: não houve
Gols: Jadson aos 16 minutos do primeiro tempo; Júnior Dutra aos 20', Jadson aos 29' e Romero aos 41 minutos do segundo tempo

São Caetano:.Helton Leite; Pedro Costa, Domingues, Sandoval e Bruno Recife; Esley (Vinícius Kiss), Régis, Marino e Chiquinho (Paulinho); Niltinho (Marlon) e Carlão. Treinador: Luiz Carlos Martins.

Corinthians: Cássio; Juninho Capixaba, Pedro Henrique, Balbuena e Fagner; Gabriel (Maycon), Rodriguinho (Camacho), Jadson, Clayson e Romero; Kazim (Júnior Dutra). Treinador: Fábio Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos