Vaiados, santistas culpam retranca do Bragantino e má pontaria por derrota

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

Após a primeira derrota do Santos no Campeonato Paulista, diante do Bragantino por 1 a 0, em plena Vila Belmiro, pela segunda rodada da competição, os jogadores santistas deixaram o campo vaiados pela torcida.  A equipe santista tentou "culpar" uma possível retranca do adversário e a falta de pontaria de seus atacantes para explicar a derrota. O atacante Rodrigão, que havia feito golaço na estreia, foi o vilão do jogo ao perder um pênalti no último minuto.

"Faltou o gol, até criamos, tivemos oportunidades. Perdemos o pênalti, faz parte do futebol, vamos trabalhar o jogo veremos o que erramos hoje", afirmou David Braz.

"Eles souberam aproveitar as chances. Jogaram com os dez atrás, no contra-ataque. Agora é trabalhar, quinta-feira tem jogo importante contra a Ponte Preta. Tiveram uma oportunidade para fazer e fizeram. É começo, mas não é desculpa", disse Renato.

O experiente volante santista amenizou as vaias da torcida após o apito final. "O torcedor vem para que a gente ganhe. Quando perde, vaias acontecem. Trabalhar para conseguir as vitórias e trazer para o nosso lado", justificou.

Mesmo com a derrota, o Santos se mantém na liderança do Grupo D, com três pontos ganhos, um a mais que o Red Bull, o segundo colocado.

Após perder para o Bragantino, o Santos volta a campo na próxima quinta-feira, quando encara a Ponte Preta, às 19h30 (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela terceira rodada da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos