Emocionado, Jailson revela treino em férias e diz que lesão rara foi curada

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

Nome do jogo ao lado de Thiago Santos, Jailson se emocionou ao deixar o gramado na vitória do Palmeiras por 2 a 1 contra o Red Bull nesta quinta-feira (25).

Em entrevista coletiva após o triunfo na terceira rodada, o goleiro afirmou que precisou treinar nas férias para voltar bem na concorrência com Fernando Prass e Weverton.

"Eu trabalhei bastante nas férias. Hoje em dia, a gente não fica parado. Hoje em dia, não dá mais para voltar gordo, não tem essa. Fico feliz pelo Roger ter me escolhido e a gente sabe que só pode jogar um goleiro", explicou na zona mista.

"Descansei durante os primeiros 15 dias e depois trabalhei os outros 15 dias, junto com a minha esposa me ajudando. Fui abençoado de começar o Paulista e agora é trabalhar bastante", completou.

Em agosto do ano passado, Jailson precisou ser afastado por uma lesão rara no tendão do quadril e chegou a ter sua continuidade no futebol colocada em dúvida.

O Palmeiras procurou ajuda, inclusive, com médicos da NFL, e decidiu por não ir para a intervenção cirúrgica. O goleiro diz ter superado as dores e apenas diz que "está zerado" em relação aos problemas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos