Sasha e "nova promessa" do Santos viram o jogo e dão vitória contra a Ponte

Do UOL, em Santos (SP)

O atacante Eduardo Sasha marcou seu primeiro gol com a camisa do Santos. Ele e o jovem Rodrygo, considerado a "nova promessa" do clube, salvaram o time de sofrer a segunda derrota nesta semana. Derrotada na última segunda, contra o Bragantino, a equipe santista jogava mal de novo e perdia para a Ponte Preta por 1 a 0, nesta quinta-feira, no estádio Moisés Lucarelli. Foi no oportunismo do ex-colorado e no talento de Rodrygo, este último nos acréscimos, que o time da Vila Belmiro conseguiu a virada, dando alívio para Jair Ventura e companhia. 

A reação veio do banco e mexeu no jogo depois de um primeiro tempo ruim, em que o Santos criou poucas oportunidades e praticamente não finalizou. À essa altura, Ponte Preta, apoiada pela sua torcida, já tinha feito 1 a 0 com Léo Arthur, melhor em campo entre os donos da casa. Sasha, que entrou em campo aos 21 minutos do segundo tempo no lugar de Rodrigão, empatou sete minutos depois. Já Rodrygo, que havia entrado aos 33 minutos, marcou o gol da vitória santista aos 46.

A vitória é a segunda do Santos na temporada 2018, que começou com alguma desconfiança da torcida pela falta de reforços. No mesmo dia em que anunciou Gabigol, o time da Vila Belmiro ainda deu esperança ao seu torcedor com boas atuações de seus reservas. Agora, o Santos se prepara para encarar o Ituano no próximo domingo, às 19h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela quarta rodada da competição. Já a Ponte enfrenta o São Bento no mesmo dia, às 17h (de Brasília), em Sorocaba.

Quem foi bem: Sasha e Léo Arthur foram decisivos

O atacante Sasha demonstrou "estrela" ao marcar o gol de empate do Santos. Além disso, o camisa 27 deu mais velocidade ao ataque santista. Já Léo Arthur criou as duas boas oportunidades da Ponte Preta na partida. Em uma delas, ele fez o gol.

Quem foi mal: Rodrigão passa em branco novamente

Após ser o vilão da derrota do Santos contra o Bragantino ao perder um pênalti no último minuto, Rodrigão sucumbiu novamente. O centroavante quase não pegou na bola e demonstrou pouca técnica em poucos domínios de bola durante o jogo. Foi substituído por Sasha, autor do gol salvador do alvinegro praiano.

Rodrygo é considerado o melhor da nova safra de Meninos da Vila

Rodrygo é considerado o melhor jogador da nova safra de Meninos da Vila nos bastidores do clube. Além dele, Jair Ventura conta com Yuri Alberto, Victor Yan e Robson Bambu, todos que estavam no banco de reservas em Campinas. Rodrygo é rápido, atua pelas beiradas de campo e se destaca nos treinos. A revelação santista teve apenas uma oportunidade na partida e não falhou ao marcar o gol da vitória aos 46 minutos do segundo tempo.

Confusão

No último minuto do primeiro tempo, os jogadores de Ponte e Santos iniciaram uma pequena confusão. Tudo começou após uma dividida em que o atacante Arthur Gomes foi empurrado na bandeirinha do escanteio. Os atletas da casa consideram que o santista valorizou demais e, por isso, começou uma discussão.

Jogo truncado e sem qualidade

O duelo entre Ponte e Santos foi de pouca qualidade e bastante truncado. Foram oito cartões amarelos: Renan Fonseca, Jeferson, Marciel, Ronaldo e Tiago Real levaram cartões pela Ponte Preta, enquanto Copete, Vecchio e David Braz foram os punidos do Santos.

Santos sente bastante ausência de trio titular

Para a partida, o Santos não contou com o atacante Bruno Henrique, que se recupera de lesão no olho direito, além do zagueiro Lucas Veríssimo e do volante Renato, com problemas musculares. O trio fez bastante falta.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 2 SANTOS

Data: 25 de janeiro de 2018, quinta-feira
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Vitor Carmona Metestaine

Gols: Léo Arthur aos oito minutos do primeiro tempo (Ponte Preta), Eduardo Sasha aos 28 minutos do segundo tempo, e Rodrygo aos 46 minutos do segundo tempo (Santos)

Cartões amarelos: Renan Fonseca, Jeferson, Marciel, Ronaldo e Tiago Real (Ponte Preta); Copete, Vecchio e David Braz (Santos)

Ponte Preta: Ivan; Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Jeferson; Marciel (Ronaldo), Tiago Real e Léo Artur; Silvinho (Marquinhos), Felipe Saraiva e Felippe Cardoso.
Técnico: Eduardo Baptista

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Caju; Alison, Matheus Jesus (Jean Mota) e Vecchio; Arthur Gomes (Rodrygo), Copete e Rodrigão (Eduardo Sasha).
Técnico: Jair Ventura

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos