SP lamenta 'gol inaceitável' e aprova atuação 'de igual para igual'

Do UOL, em São Paulo

Apesar da derrota por 2 a 1 no clássico contra o Corinthians, neste sábado (27), os jogadores do São Paulo deixaram o campo do Pacaembu satisfeitos com a atuação da equipe. Eles lamentaram especialmente o segundo gol alvinegro, marcado por Balbuena após falha de Anderson Martins, e disseram que o time tricolor jogou de igual para igual com o rival.

"Jogamos de igual para igual com o campeão paulista 2017, não temos que lamentar nada, pelo contrário. Seguir trabalhando, corrigir algumas coisas. Clássico é decidido em detalhes, e em uma bola parada eles decidiram o jogo. Tivemos duas cabeçadas, jogadas iguais as deles. Eles fizeram e a gente não. Temos que corrigir que quarta temos um jogo decisivo", disse Rodrigo Caio.

"Foi apenas a quarta partida. Tem muita coisa pela frente. Não podemos tomar esses gols. Este tipo de gol é inaceitável", acrescentou Jucilei.

Já o atacante Marcos Guilherme aproveitou a entrevista na saída de campo para lamentar não apenas o segundo gol, mas também o primeiro, sofrido com apenas um minuto de jogo.

"Gol logo no início, isso desestabiliza. Segundo gol uma bola parada que a gente treina bastante. Eu também perdi umas oportunidades. É levantar a cabeça que quarta temos um novo compromisso", afirmou.

O São Paulo volta a campo já na quarta-feira (31), quando visita o Madureira no estádio do Café, na estreia da Copa do Brasil. Pelo Paulistão, o próximo adversário do time tricolor é o Botafogo-SP, em jogo que acontece no dia 3 de fevereiro, no Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos