Keno e Dudu decidem, Palmeiras bate o Bragantino e segue 100% no Estadual

Do UOL, em São Paulo

Quatro jogos, quatro vitórias. O Palmeiras derrotou o Bragantino por 2 a 0 na tarde deste domingo e manteve 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista. Keno e Dudu marcaram os gols do time alviverde em Bragança Paulista.

A partida disputada sob forte calor foi decidida apenas na etapa final, depois que o técnico Roger Machado lançou Keno no jogo na vaga de Borja. O atacante fez 1 a 0 e minutos depois viu Dudu marcar seu primeiro gol na temporada.

Com a vitória, o Palmeiras chegou aos 12 pontos no Grupo C. A vantagem sobre o São Bento, o segundo colocado, é de cinco pontos. O Bragantino, por sua vez, soma seis pontos e ficou a três do líder Corinthians na Chave A. 

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrentará o Santos no Allianz Parque. O clássico será disputado no domingo, às 17h (de Brasília). Já o Bragantino medirá forças o Red  Bull, em Campinas, no sábado, às 19h. Antes, a equipe do interior jogará pela Copa do Brasil na próxima quarta-feira. O adversário será o Nova Iguaçu, fora de casa.

O melhor: Felipe Melo

Mais um bom jogo do meio-campista palmeirense. Com a velha disposição, Felipe Melo tomou conta do setor e ainda deu ritmo ao Palmeiras na saída de bola. O volante, que terminou a partida como capitão, ainda deu mais uma assistência no estadual ao lançar Dudu no lance do segundo gol.

O pior: Borja

Eduardo Carmim/Estadão Conteúdo

O atacante colombiano até começou bem a partida, mas falhou em um lance importante no fim do primeiro tempo. Depois de ganhar do zagueiro, chutou em cima do goleiro. Aos 16 minutos da etapa final, Borja deu lugar a Keno, que marcou o gol palmeirense em seguida.

Domínio total

Luis Moura/Estadão Conteúdo

Mesmo atuando fora de casa, o Palmeiras mostrou total domínio das ações desde o início do duelo. No primeiro tempo, o time de Roger Machado teve mais de 80% de posse de bola e só foi atacado por meio das bolas alçadas na área. 

Oportunidades perdidas


Diante do cenário favorável, o Palmeiras teve algumas chances para abrir o placar em Bragança Paulista. Tchê Tchê desperdiçou uma oportunidade aos 18 minutos da etapa inicial ao isolar uma bola em chute da entrada da área. Borja também errou uma finalização cara a cara com o goleiro aos 36 minutos mesmo depois de se livrar da marcação do zagueiro.  

O 12º jogador entra em ação...

Como é habitual, Roger Machado optou pela entrada de Keno no segundo tempo. O escolhido para sair foi Borja. Com a alteração, Willian passou a jogar na referência do ataque, com Keno aberto à direita. 

...e abre o placar


Dois minutos bastaram para Keno colocar o Palmeiras na frente do Bragantino. O atacante completou um cruzamento de Michel Bastos e, de chapa, conseguiu balançar a rede. No lance, a bola bateu no zagueiro Lázaro e ainda tocou em Guilherme Mattis antes de entrar.

Palmeiras faz 2 a 0 e mata o jogo

Na frente do placar, o Palmeiras viu o Bragantino ir à frente. Com mais espaços, o time alviverde matou o jogo com um gol de Dudu, que recebeu um lançamento preciso de Felipe Melo e bateu na saída do goleiro. A bola morreu no ângulo.

Embate entre os primos


O jogo entre Bragantino e Palmeiras teve um confronto especial e diferente. Os volantes e primos Tchê Tchê e Evandro se enfrentaram pela primeira vez na carreira. Os dois cresceram em Guaianases, bairro localizado na zona leste de São Paulo. Foram criados como irmãos e começaram suas trajetórias no futebol profissional lno mesmo dia, já que ingressaram juntos em escolinha da modalidade.

Michel Bastos ganha chance

O técnico Roger Machado fez uma mudança de última hora na equipe palmeirense ao poupar o lateral esquerdo Victor Luis. Na sua vaga, o treinador escalou Michel Bastos, pois Diogo Barbosa ainda se recupera de uma lesão no tornozelo. Na etapa final, além de Keno, Roger Machado ainda colocou Moisés e Guerra em campo. 

Pausa na maratona

Depois de quatro jogos válidos pelo estadual em dez dias, o Palmeiras enfim terá uma semana sem partidas. Dessa forma, os jogadores voltarão às atividades no CT na terça-feira. O próximo jogo será disputado cinco dias depois. 

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 0 x 2 PALMEIRAS

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 28 de janeiro de 2018, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Fábio  Rogério Baesteiro
Cartões amarelos: Ewerton, Adenilson e Lázaro (Bragantino)

Gols: Keno, aos 18 minutos, e Dudu, aos 26 minutos do segundo tempo.

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo, Tchê  Tchê (Moisés) e Lucas Lima; Dudu (Guerra), Willian (Keno) e Borja. Técnico: Roger Machado

BRAGANTINO: Alex Alves; Ewerton, Guilherme Mattis, Lázaro e Fabiano; Adenilson (Diego Macedo), Evandro e Vitinho (Rafael Silva); Léo Jaime, Gerley (Hélton Luiz) e Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos