Contra o São Paulo, Bragantino terá novo patrocínio ligado a criptomoedas

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação

    Bragantino terá três patrocínios ligados a moedas virtuais diante do São Paulo

    Bragantino terá três patrocínios ligados a moedas virtuais diante do São Paulo

O uniforme que o Bragantino usará na noite desta quarta-feira (7), em jogo contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, pela quinta rodada do Campeonato Paulista, terá mais uma novidade. E mais uma relacionada às moedas virtuais, aposta do clube para adquirir novos patrocinadores.

A Coin 2001, empresa que faz compra e venda de moedas virtuais, estampará a frente do shorts do time de Bragança Paulista. Inicialmente, trata-se de um patrocínio pontual, apenas para o jogo contra o Tricolor paulista. Porém, segundo Luiz Arthur Abi Chedid, vice-presidente do Bragantino, informou ao UOL Esporte, ele pode vir a ser estendido.

Este é o terceiro patrocínio conseguido pelo Bragantino nesta temporada relacionado a moedas virtuais. Antes da Coin 2001, o clube já havia fechado com a empresa Nação Trader, que tem o objetivo de informar seus seguidores tudo que está relacionado ao mercado das criptomoedas, e a Martexcoin, outro tipo de criptomoeda – assim como os bitcoins.

No começo deste ano, o próprio Real Madrid anunciou que aceitará bitcoins como forma de pagamento para o tour do estádio Santiago Bernabéu. Assim, tornou-se o primeiro clube no mundo a adotar a modalidade de pagamento. O Bragantino, por sua vez, foi o primeiro no mundo a realizar a venda de patrocínios com criptomoedas.

Já recentemente, o Harunustaspor, clube amador da Turquia, tornou-se o primeiro clube a utilizar bitcoin para pagar um jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos