Após 3º tropeço, Jair prevê evolução de Gabigol e volta de Bruno Henrique

Do UOL, em São Paulo

Sem conseguir vencer há três jogos, o Santos de Jair Ventura flertou com o resultado positivo diante da Ferroviária, mas ficou no empate por 2 a 2 neste sábado (10). Em entrevista coletiva, o treinador fez elogios ao estreante Gabriel, disse contar com a volta de Bruno Henrique e previu um melhor desempenho a partir dos próximos jogos. 

"É um cara que fez o último jogo em dezembro, com 17 minutos, e sustentou o jogo em um forte calor. É difícil sem pré-temporada com o grupo, mas ele fez gol e teve oportunidades em que não conseguiu fazer. O primeiro tempo foi de almanaque, a gente teve o controle, foi nosso melhor primeiro tempo. O Gabriel foi importante, vai ser mais, e feliz que fez o gol. Ele teve oportunidades, se cobra bastante, e os gols que acabou não fazendo vai fazer e vai ajudar o time do Santos", comentou Jair. 

"Perdemos diversos gols também. Não posso chegar e falar que está tudo bem. Precisamos jogar bem e vencer, esse foi o tema da palestra. Temos jogadores que não estavam no início de ano, novas contratações para chegar, e quando a gente tiver com todo mundo vamos estar mais fortes ainda", declarou. 

"O Bruno Henrique é questão de ordem médica e torcemos que possa ser resolvido. Brinquei da importância dele como um dos grandes jogadores dentro de suas equipes, citei Messi e Cristiano Ronaldo. No Santos, ele ajuda bastante, principalmente a vida do treinador. É um jogador que vai fazer dribles e fazer gols, um ano brilhante, é cogitado para a seleção e perdemos com 8 minutos do ano. O torcedor, o treinador e atleta sofrem, o lado humano pesa muito. Com certeza, ele vai melhorar e vai ajudar a gente que é o mais importante", observou. 

Por fim, Jair também fez elogios para Daniel Guedes, lateral titular na ausência de Victor Ferraz. "Importantíssimo com duas assistências. Não vai ter desculpa comigo. Sempre vamos estar juntos em momentos bons e ruins, não transfiro responsabilidade. Ele foi importante, deu duas assistências, belas, quem cresce é o Santos. O treinador quer ter dois jogadores ou três do mesmo nível em cada posição", disse. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos