Com brilho de Lucas Lima, Palmeiras vence Mirassol e se mantém 100%

Do UOL, em São Paulo (SP)

O Palmeiras segue sem perder nenhum ponto na temporada. Neste sábado, foi a vez do Mirassol encarar o elenco alviverde e sucumbir. Pela sexta rodada do Campeonato Paulista, o Verdão esteve longe de uma atuação brilhante, mas mostrou muita segurança para construir o 2 a 0 no placar e assegurar a sexta vitória consecutiva em 2018.

E os protagonistas da noite no estádio José Maria Maia foram Lucas Lima e Borja. A dupla funcionou com perfeita sintonia para abrir o placar, em assistência do meia e gol do colombiano - o terceiro na temporada. Depois, o centroavante ainda sofreu o pênalti que serviu para Dudu balançar as redes e definir o placar.

Na sétima rodada, o Mirassol, ainda com cinco pontos na última posição do Grupo D, vai a Bragança Paulista enfrentar o Bragantino. O duelo no Nabi Abi Chedid está marcado para as 17h da próxima quarta-feira. Já o Palmeiras, agora com 18 pontos e ainda líder do Grupo C, recebe o Linense no Allianz Parque, às 21h de quinta-feira.

Os melhores

Lucas Lima dominou a partida. Salvou gol certo do Mirassol, deu assistência para Borja e participou do jogo o tempo todo. Não foi raro vê-lo ajudando Felipe Melo a conter contra-ataques dos donos da casa. Sem falar na facilidade para organizar as jogadas no meio de campo. Atuação decisiva para o Palmeiras e reconhecida com os aplausos da torcida quando Roger Machado o trocou por Gustavo Scarpa. Borja, autor do primeiro gol, criou as únicas chances do segundo tempo. Não marcou novamente, mas arrumou o pênalti que Dudu converteu para fechar a conta.

Os piores

O Palmeiras não teve um desempenho brilhante. Jogou de forma segura, mas sem um futebol vistoso. E ainda assim dois jogadores estiveram abaixo dessa atuação regular da equipe. Michel Bastos, na lateral esquerda, só apareceu para apoiar no fim e passou por alguns apuros na defesa. No ataque, Willian foi pouco notado em campo e acabou substituído por Keno no segundo tempo.

Baixinho pilhado

Se o Mirassol conseguiu causar algum problema no início do primeiro tempo, isso se deve ao desempenho de Douglas Baggio. Apesar de baixinho, o camisa 9 mostrou força para incomodar os zagueiros do Palmeiras e quase marcou um belo gol logo aos 11 minutos. O atacante arrancou da intermediária, deixou três marcadores para trás e bateu com perigo para Jaílson.

Decide na defesa...

A outra chance clara do Mirassol também saiu dos pés de Douglas Baggio. Mas o protagonismo do lance aos 21 minutos acabou em outros pés. Depois de Jaílson espalmar chute de Léo Baiano, a bola sobrou na pequena área para Baggio estufar as redes. Ele só não contava que o meia Lucas Lima fosse aparecer de surpresa para salvar em cima da linha. 

...decide no ataque!

O lance motivou o armador palmeirense. Lucas precisou de mais dois minutos para mostrar novamente seu poder de decisão. Ele recuperou a bola na intermediária ofensiva e acertou passe preciso para Borja invadir a área e bater na saída do goleiro Fernando Leal. Foi a terceira assistência de Lucas Lima pelo Verdão.

Segundo tempo sem graça

As principais emoções da partida no estádio José Maria Maia ficaram reservadas ao primeiro tempo. A etapa final teve ritmo lento, muitos erros de passe, muitas divididas e pouquíssimo repertório das equipes. O Palmeiras, por exemplo, só assustou o adversário em chuveirinho que terminou em cabeçada de Borja e ação providencial de Edson Silva em cima da linha. Já aos 36 minutos, na única jogada trabalhada do segundo tempo, de novo Borja exigiu defesa de Fernando Leal. Até que, aos 40, o colombiano arrumou o pênalti para consagrar Dudu.

Marcas expressivas

O Palmeiras segue sem sofrer nenhum gol como visitante no Campeonato Paulista. Isso faz com que a defesa seja a melhor do torneio, com somente três gols sofridos. Já os dois gols marcados contra o Mirassol melhoraram ainda mais os números do principal ataque da competição: já são 13 gols em seis jogos, garantindo média de mais de dois tentos por confronto.

FICHA TÉCNICA:
MIRASSOL 0X2 PALMEIRAS

Local: José Maria Maia, em Mirassol (SP)
Data/Hora: 10 de fevereiro de 2018, às 19h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Evandro de Melo Lima
Cartões amarelos: Douglas Baggio, Paulinho, Jesiel, Zé Roberto e André Luis (MIR); Antônio Carlos e Felipe Melo (PAL)

Gols: Borja, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Dudu, aos 40 minutos do segundo tempo (PAL)

MIRASSOL: Fernando Leal, Danilo Boza, Jesiel, Edson Silva e Marlos Freitas; Wellington Reis, Paulinho, Léo Baiano (Zé Roberto) e Rodolfo (Xuxa); Gilsinho (André Luis) e Douglas Baggio. Técnico: Moisés Egert.

PALMEIRAS: Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo, Tchê Tchê (Thiago Santos) e Lucas Lima (Gustavo Scarpa); Willian (Keno), Dudu e Borja. Técnico: Roger Machado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos