Cueva erra pênalti, SP perde do Ituano e aumenta a pressão sobre Dorival

Do UOL, em São Paulo

Mesmo líder do seu grupo, o São Paulo está longe de viver um bom momento no Campeonato Paulista. Nesta quarta-feira (21), no Estádio Novelli Júnior, em Itu, o Ituano ganhou do Tricolor por 2 a 1. Os gols foram marcados por Ronaldo e Alison, para os donos da casa, e Cueva, para os visitantes. A segunda derrota consecutiva na competição deixa o técnico Dorival Júnior ainda mais pressionado no Morumbi.

Apesar de mais um resultado negativo, o Tricolor é o primeiro do Grupo B com 10 pontos conquistados em oito partidas (três vitórias, um empate e quatro derrotas). A equipe da capital volta a jogar neste domingo (26), no Morumbi, contra a Ferroviária. Já o Ituano, que soma 11 pontos na Chave A, recebe o Red Bull, na segunda-feira (26). 

Desfalque e retorno

Dorival Júnior não pôde contar com o volante Petros, que foi punido após receber o terceiro cartão amarelo na competição no clássico com o Santos, no último domingo (18). Hudson foi o escolhido para atuar na vaga no meio de campo. A partida marcou também o retorno de Rodrigo Caio na zaga, após cumprir suspensão automática no fim de semana.

São Paulo lento e gol do Ituano

Assim como aconteceu no primeiro tempo da partida com o CSA, na última semana, o São Paulo foi muito lento na saída de bola e nas construções de jogadas nos minutos iniciais do jogo. Já o Ituano dominou as ações e não demorou para fazer o gol. Cueva errou passe no meio de campo e os donos da casa armaram a jogada. Guilherme deu bom passe para Ronaldo, Bruno Alves e Reinaldo não acompanharam, e o jogador do Ituano mandou para as redes na saída de Sidão. 

Artilheiro irritado e lesionado

Na hora de comemorar o gol, Ronaldo esbravejou com o público no Novelli Júnior. O atacante, que não havia balançado as redes neste ano, era alvo de críticas dos torcedores. Pouco depois de fazer o seu, ele sentiu uma lesão e teve de ser substituído por Júnior Santos.

Esboço de reação e Cueva perde chance

O Tricolor até tentou reagir no fim do primeiro tempo. O time chegou mais ao ataque e levou perigo ao gol de Vágner. A melhor chance foi desperdiçada por Cueva, que driblou o adversário, mas errou o arremate. 

Dorival reprova atuação e muda time

O treinador do São Paulo não gostou da performance da equipe no primeiro tempo e promoveu duas alterações antes do início do segundo tempo. Nenê e Diego Souza saíram para as entradas de Valdívia e Tréllez, respectivamente. "Demos muito espaço e criamos pouco. Temos que ter equilíbrio e voltar a fazer o que sempre fizemos, com posse de bola e mudando o comportamento", avaliou Dorival antes do começo da etapa final. 

Tricolor evolui e Cueva empata

As alterações de Dorival surtiram o efeito esperado. O São Paulo ganhou velocidade e teve passou a ser mais objetivo. A recompensa veio logo aos 6 minutos, Valdívia tocou para Reinaldo, que cruzou para a área. A zaga tentou afastar, mas a bola ficou com Cueva, que empatou. Na sequência, o Tricolor criou mais e quase fez outro. O peruano driblou os adversários e, de calcanhar, serviu Marcos Guilherme, que chutou para fora.  

Camisa 10 iguala melhor marca na carreira

Cueva chegou a 20 gols pelo São Paulo, que agora empata com o San Martín, do Peru, como o time pelo qual o meia marcou mais vezes na carreira. A diferença está na média de gols. No Tricolor, são 20 gols em 77 jogos. No San Martín, são 20 gols em 130 jogos.

Defesa falha e Ituano faz o segundo

Quando o São Paulo dominava a partida, o Ituano aproveitou o contragolpe e a falha de posicionamento da defesa tricolor para fazer o segundo. Reinaldo tentou afastar da área a bola, que sobrou na esquerda para o adversário. Marcelinho cruzou e Alison, mais bem posicionado do que a zaga tricolor, subiu e marcou de cabeça.

Jucilei machucado

O São Paulo pode ter um desfalque na partida de domingo, contra a Ferroviária. Jucilei levou a mão para a coxa direita e caiu no chão antes de ser substituído por Shaylon, aos 28 do segundo tempo. 

Pênalti perdido no fim

No finalzinho, o São Paulo contou com a ajuda do adversário, mas não conseguiu o empate. Tréllez sofreu o pênalti, anotado pelo árbitro já nos descontos. Cueva bateu mas goleiro Vágner fez a defesa e garante a vitória do Ituano. Esse foi o quarto pênalti perdido por Cueva com a camisa do Tricolor.

Ficha Técnica

Ituano x São Paulo

Campeonato Paulista, 7ª rodada

Data: quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Anderson Jose de Moraes Coelho e Alberto Poletto Masseira
Cartões amarelos: Raul e Marcelinho (Ituano); Reinaldo (São Paulo)
Gols: Ronaldo aos 22 do 1º tempo, Cueva aos 6 do 2º, Alison aos 16 do 2º

Ituano: Vágner; Igor Vinícius, Léo, Alison (Rodrigo Sam) e Raul; Baralhas, Marcos Serrato (Tony), Guilherme e Marcelinho; Ronaldo (Júnior Santos) e Claudinho. Técnico: Vinicius Bergantin.
São Paulo: Sidão; Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei (Shaylon), Hudson e Nenê (Valdívia); Marcos Guilherme, Diego Souza (Tréllez) e Cueva. Técnico: Dorival Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos