Carille diz que houve pênalti não marcado para o Santos, mas isenta árbitro

Do UOL, em São Paulo

  • reprodução/TV Globo

Nem o homem mais interessado no sucesso do Corinthians pôde negar: Fabio Carille admitiu que houve pênalti não marcado de Balbuena sobre Léo Cittadini neste domingo (4), no clássico que terminou com empate por 1 a 1 e teve quase meia hora de apagão no segundo tempo. Mas o técnico também isentou o árbitro Luiz Flávio de Oliveira.

"Foi dentro da área, foi pênalti", disse o treinador em participação no Mesa Redonda, da TV Gazeta, logo depois de o comentarista Chico Lang afirmar que a falta foi cometida fora da área. "Não vai dar para concordar com você não, viu, Lang? Não vai dar para concordar com você", acrescentou Carille.

Depois de o Santos buscar o empate aos 41 do segundo tempo, Cittadini foi derrubado por Balbuena dentro da área, perto da linha, mas Luiz Flávio apitou apenas a falta, não o pênalti. O lance deve repercutir bastante nos próximos dias. "Tentei olhar várias vezes para ver se eu via fora [da área], mas não consegui", afirmou Carille, que, no entanto, não quis crucificar a arbitragem pelo erro.

"Acho que tem reclamações e reclamações. O árbitro está posicionado fora, no calor do jogo, na correria. Eu vou reclamar de algum lance quando for um impedimento como o do Jô, de três metros. Já teve várias situações contra o Corinthians que... Pô, o árbitro é ser humano", concluiu o técnico do Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos