Polícia confirma morte de torcedor corintiano espancado por santistas

Gustavo Setti

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Polícia Militar

A Polícia Militar confirmou a morte do torcedor do Corinthians que foi espancado por um grupo de santistas, na manhã deste domingo (4), na região de Itaquaquecetuba, localizada a 45 km do Pacaembu.

Danilo da Silva dos Santos, de 31 anos, deu entrada no Hospital Santa Marcelina, na cidade da grande São Paulo, em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo a PM, "alguns integrantes da Torcida Jovem do Santos foram detidos pela Guarda Civil Municipal, e uma moto e um carro foram queimados".

De acordo com a Folha de São Paulo, seis torcedores foram presos, sendo cinco adultos, e serão indiciados por homicídio doloso. Um adolescente será encaminhado à Vara da Infância e Juventude.

Outras 16 pessoas foram detidas e deverão ser autuada por rixa qualificada, danos e crime previsto no Estatuto do Torcedor. Além disso, pedaços de madeira e barras de ferro foram apreendidos.

A confusão ocorreu horas antes do clássico entre as duas equipes no Pacaembu, que terminou empatado em 1 a 1. Renê Júnior abriu o placar para o time da capital paulista no primeiro tempo, e Diogo Vítor empatou para os santistas no final do segundo tempo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos