Jair elogia Menino da Vila que fez gol histórico e evita analisar Dodô

Do UOL, em Santos (SP)

Após a derrota do Santos para o Novorizontino por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Novo Horizonte, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, o técnico Jair Ventura lamentou bastante do gramado encharcado, prejudicado pela forte chuva que caiu no final da tarde no interior paulista. Por conta disso, o treinador foi ponderado para fazer suas avaliações sobre o time. Ele elogiou apenas o jovem Yuri Alberto, que marcou seu primeiro gol na equipe profissional do alvinegro praiano.

Yuri Alberto, aliás, entrou para a história do Santos com o gol marcado aos nove minutos do segundo tempo. A revelação santista empatou a partida naquele momento, mas viu o Novorizontino fazer o gol da vitória cinco minutos depois.

Aos 16 anos, ele se tornou o sexto jogador mais jovem a marcar um gol pelo Santos. Na frente dele, estão Coutinho, Pelé, Edu, Victor Andrade e Diego.

"É difícil, o pessoal que acompanhou a carreira toda, quando cheguei já estava no profissional. É um jogador que treina bastante, que treina forte e que estava aguardando a sua oportunidade. Ele tinha entrado em outros jogos e foi bem. Apesar de não ser esse 9, esse cara que vai brigar na primeira bola, mas foi valente, ajudou como deu. Nosso time faz um jogo de construção, um jogo apoiado, fomos prejudicados. Ele e os demais foram prejudicados, uma pena pelo pessoal de casa que queria ver um grande jogo", afirmou Jair.

"Tivemos alguns poupados por conta de indicadores e tivemos alguns cansados dessa maratona desde o jogo da altitude e mais prejudicados ainda pelo campo pesado. Agora é descansar bastante, já estamos classificados, ainda conseguimos brigar pela ultima posição geral na ultima partida do campeonato", completou.

Jair Ventura evitou analisar a estreia do lateral Dodô. O jogador, que pertence a Sampdoria, da Itália, e ficará emprestado até o fim deste ano ao Santos, estreou pelo clube paulista como titular. Prejudicado pelo campo encharcado, ele teve atuação discreta, mas foi o responsável pelo cruzamento do gol de Yuri Alberto.

"Qualquer análise hoje, de todos os jogadores, não só os do Santos, seria injusta por conta do que choveu aqui. O jogo foi por água abaixo por conta da chuva, não teve quase jogo. Foi um jogo de primeira e segunda bola, então é difícil fazer uma análise. Como falo, o pessoal de casa foi prejudicado. Mas ele (Dodô) vai ter mais chances, vai jogar, é importante analisarmos com calma", explicou.

Após encarar o Novorizontino, o Santos volta a jogar neste domingo (11), diante do São Bento, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro. A partida encerra a participação santista na primeira fase do estadual. Já classificada, a equipe do técnico Jair Ventura lidera o grupo D da competição, com 18 pontos, mas ainda aguarda para saber quem será o seu adversário nas quartas de final. Neste ano, a vaga será decida em dois confrontos, não mais em partida única.

Botafogo-SP, atual segundo colocado com 15 pontos, e Red Bull Brasil, com 12, enfrentam São Caetano e Ponte Preta, respectivamente, nesta quinta-feira (8) e podem definir a classificação. A disputa ainda pode ficar aberta para a última rodada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos